Segredos de um bom contador de histórias

12/8/2011 – 13:25h

1- Escolha as histórias que você gosta ou gostava de ouvir.
É preciso gostar do que se lê para contagiar o ouvinte.

2- Encontre um lugar inusitado
como um sofá, a sombra de uma árvore, um pequeno tapete, os primeiros degraus de uma escada.

3- Dê vida para os personagens
e capriche no ritmo, na entonação e use todo o seu corpo para dar vida ao enredo.

4- Seja um ator viva e interprete a história.

5- Aposte na memória das crianças
e experimente, aos poucos, ir dividindo com elas a narrativa e as falas da história.

6- A experiência com a escuta deve começar e terminar com a própria narrativa.
Não busque explicações, justificativas, pretextos.

7- A história precisa se bastar
e a experiência se conclui com o desfecho do enredo.

8- Fisgue pelo olhar
convide a criança para mergulhar na aventura, se surpreender e tentar advinhar o que está por vir.

9- Tenha em mente que a leitura de um texto não se esgota em uma primeira linha.

10- Cada vez que o contador lê a história,
a criança descobre mais detalhes, novas possibilidades e ganha outros entendimentos.

(Fonte: Fundação Itaú Social)

Proposta do blog

O interesse deste blog, desde 1 de agosto de 2011, é o de utilizar a internet para aglutinar as pessoas que estão movimentando o setor de literatura infantil. Através de uma abordagem jornalística, há quatro anos consecutivos, procuramos informá-las da melhor maneira possível. Conquistamos um público seleto, fiel e, como nós, igualmente dedicados ao desenvolvimento da arte literária.

O blog pode ser acessado pelo endereço independente www.contaumahistoria.com.br ou do Portal Uai http://blogs.uai.com.br/contaumahistoria/

Neste espaço,  buscamos notícias locais e além das fronteiras de Minas Gerais para comentarmos sobre obras, autores, ilustradores, editores e eventos destinados às crianças, além de acompanhar trabalhos desenvolvidos dentro das escolas. Desta forma, destacamos profissionais, leitores, professores e personagens sejam eles fictícios ou reais, desde que comprometidos em atender ao pedido das crianças: “Conta uma história”!

Quem é a editora

Rosa Maria Miguel Fontes é brasileira, nascida em Minas Gerais, na cidade de Belo Horizonte. É jornalista profissional formada pela Universidade Federal no ano de 1978. Também é graduada em publicidade e relações públicas pela mesma instituição. Tem pós-graduação em marketing. Iniciou suas atividades profissionais como apresentadora de TV, produtora e locutora de rádio nos “Associados”. Em seguida, foi professora em duas universidades nos cursos de administração de empresas e relações públicas. Desenvolveu algumas campanhas de relações públicas e marketing e uma delas conquistou num prêmio nacional.

Voltou à redação dos “Associados” no ano de 1989. Especializou-se em informática e, como repórter, trabalhou junto com outros jornalistas brasileiros para introduzir esse conteúdo na imprensa nacional. Durante 11 anos, foi editora de informática do jornal “Estado de Minas”. No setor, até meados de 2006, foi considerada a jornalista mais premiada do Brasil. Suas reportagens mereceram cinco prêmios nacionais, dois regionais, além de indicações que ressaltaram a qualidade e correção do conteúdo das matérias técnicas. Interagiu com equipes de outros jornais dos “Associados”: “Correio Braziliense” e “Diário de Pernambuco”. Durante seis anos, foi comentarista da “Rádio Guarani” sobre informática, posteriormente, ciência e tecnologia.

Atualmente, se dedica a uma produção literária dirigida às crianças e edita este blog sobre literatura infantil. Em setembro de 2011, publicou seu primeiro livro infantil: “Hikôki e a mensageira do Sol”, ilustrações de Maurizio Manzo, editora Miguilim. Este trabalho pode ser conferido na categoria deste blog que tem o nome do livro. Em 2013 publicou “O abraço das cores”, ilustrações de Nelson Tunes, pela mesma editora e em janeiro de 2016 lançou “A menina e o segredo da fadinha, ilustrações de Toninho Hashitomi, pela Editora Pingo de Letra.