Hikôki desperta a curiosidade das crianças

Crianças do 1° ano Fundamental da Escola Lúcia Casasanta participam de bate-papo com Rosa Maria, autora do livro

5/12/2011 – 19:31h

Depois de ouvirem a professora Fabiana de Paula Prado contar a história de “Hikôki e a mensageira do Sol”, os alunos do 1° ano Fundamental da Escola Lúcia Casasanta ficaram curiosos para saber mais sobre a produção deste livro infantil, recentemente lançado em Beagá pela Editora Miguilim, e convidaram a autora, Rosa Maria Miguel Fontes, para um bate-papo.

O encontro foi na biblioteca e as crianças perguntaram muito sobre a produção do livro. Aliás, eles me fizeram perceber que esta é uma boa pauta para o blog e, futuramente, vamos produzir uma matéria explicando sobre o passo a passo de criação de um livro infantil: do momento da concepção da história até a chegada da obra nas livrarias e escolas.

Encerrado este primeiro bate-papo, outra turma se preparou para conhecer a história. Desta vez, foi o 3° ano Fundamental, da professora Marina Caiafa Bretas. Além de ouvirem a história, estes alunos também quiseram conhecer outros detalhes, como, por exemplo, a origem do nome Hikôki. Este é um nome japonês e seu significado é avião. O personagem da história é uma ave grande, que voa muito alto e rápido… Tal como um avião. Ou gavião?

Todos os alunos desta turma desenharam o trecho da história que mais gostaram: destaque para o momento que a ave Hikôki carrega sua amiga Ana Laura para chegar a um lugar mágico e conhecer um sábio bondoso. Que lugar é este? O que aconteceu lá? Por que a ave e sua amiga voaram para tão longe? E este sábio? O que ele fez com os visitantes? Só lendo a história para saber… O livro “Hikôki e a mensageira do Sol” pode ser adquirido nas livrarias da cidade.

Na biblioteca, os alunos do 3° ano Fundamental perguntaram sobre a criação da ave "Hikôki"