De onde vem a língua que a gente fala?

Anna Ly e Diogo Droschi com o livro "Desenrolando a língua" - Foto: Divulgação

16/9/2012 – 23:32h

Alguns livros infantis ensinam tanto para as crianças como para os adultos. As crianças aprendem se divertindo e os adultos são sugados pela criatividade do autor. No nosso caso, pela criatividade da autora. Ela é Anna Ly e sua obra “Desenrolando a língua”, da Editora Autêntica, aborda as origens e histórias da língua portuguesa falada no Brasil.

Este assunto faz parte da disciplina escolar e, por isso, sempre vai estar na pauta das crianças. Mas elas vão entender a língua portuguesa com muito mais interesse através da pesquisa e do texto de Anna Ly, que ensina despretensiosamente. Ela deseja apenas satisfazer a sua curiosidade, ou melhor, da personagem Lu, que ficou curiosa para descobrir de onde saíram aquelas “palavras estranhas que um dia encontrou nos dicionários guardados na biblioteca de seu pai”.

“De onde vem a língua que a gente fala”? Para responder a dúvida de Lu, a autora trata da língua indígena, em especial, o tupi; passa pelo português; destaca as línguas negras; aborda a “língua-mãe”, o latim; “as línguas-filhinhas” ou neolatinas, espanhol, francês e italiano; “a língua-avó”, o grego; as demais linguagens que também contribuíram para a formação do nosso idioma e a língua global.

O livro ainda aborda as expressões populares brasileiras, algumas onomatopeias, a linguagem dos animais e as Libras. Cada um dos capítulos traz um glossário rico formado pelas principais palavras herdadas de determinada língua que se incorporaram ao cotidiano do Brasil.

O livro é acompanhado por um CD com 12 músicas, também de autoria de Anna Ly. A trilha sonora funciona como uma espécie de exemplo ou um exercício prático. A cada capítulo da pesquisa, a autora vai indicando a faixa do CD correspondente e o leitor, então, pode acompanhar a letra da música pelo livro, ouvindo a autora cantar o que acabou de aprender no texto.

Anna Ly é compositora, cantora e instrumentista. Uma artista para todas as idades. Ela é de Belo Horizonte e, atualmente, mora na Espanha. Lá, o livro também ganhou uma versão em espanhol, “Desarrollando la lengua, uma niña brasileña en España”, que deve chegar ao mercado brevemente. A edição em espanhol traz uma música inédita: “Animales Migratorios”.

O leitor do blog que clicar, à direita, na categoria Entrevistas, vai conhecer um pouco mais a respeito de Anna Ly e deste seu primeiro livro, “Desenrolando a língua”, que foi ricamente ilustrado por Diogo Droschi com recursos de lápis de cor, papéis coloridos, tinta e pincel, além de alguns toques digitais.