A importância de ler para crianças

8/11/2012 – 20:42h

Ler é um hábito que pode se formar desde o berço. Estimular o hábito da leitura é tão importante quanto ensinar a tomar banho, comer, escovar os dentes. E quanto mais cedo começar, melhor.

Quando você lê para uma criança, está mostrando um caminho cheio de possibilidades para sua vida pessoal e social. Ela se encanta com a narrativa e com a atitude de leitura do adulto. Desta forma, então, começa a criar um forte e agradável vínculo com os livros.

Não faz mal se ainda não compreende toda a história, até por que ainda está conhecendo a língua escrita. Nesse momento, o que importa é despertar na criança o amor pela leitura.

Ler, mais que um prazer, é um dever. O adulto que compartilha uma leitura com a criança está resguardando o direito dela à educação, à cultura e também ao lazer.

Por meio dos livros, a criança aprende a nomear o mundo à sua volta, a se conhecer, se expressar e se comunicar com os outros.

Fonte/Foto: Itaú Criança

As dicas do Itaú Criança

5/11/2012 – 20:14h

Em suas campanhas anuais de distribuição de livros infantis, o Itaú Criança divulga uma série de dicas para serem adotadas na hora do adulto ler para as crianças. Este ano, a campanha dá ênfase na leitura propriamente dita. Quer dizer, em vez do adulto dramatizar ou narrar a história, a dica é para priorizar a leitura do livro. “Antes de ensinar a ler, é preciso ensinar a gostar de ler”.

Para quem não conhece o conteúdo da campanha do Itaú, divulgamos a primeira parte destas dicas preciosas. Mas recomendamos: entre no site para conhecer a campanha, pedir os livros que estão sendo doados este ano e deixar a sua experiência. O endereço é www.itau.com.br/itaucriança.

Aprenda a ensinar o gosto pela leitura:

1-      Organize seu tempo e leia para uma criança: separe uma parte do seu tempo exclusivamente para ler. Mostre que esse momento é só de vocês e que a atenção está toda voltada para a leitura e para a própria criança.

2-      Deixe a criança sentir os livros: deixe os livros sempre à disposição da criança para que ela possa explorá-los e compreender como são utilizados. A criança deve se familiarizar com eles antes mesmo de começar a ler. Sentir, tocar, faz parte do aprendizado.

3-      Leia a história em vez de contá-la: ler um texto em voz alta garante o acesso da criança ao universo da escrita diferentemente de quando contamos ou dramatizamos uma história. Valorize a leitura e evite improvisos. Aproveite a oportunidade para apresentar novas palavras à criança. Lendo é que se aprende a ler.

4-      Valorize o livro: os livros infantis são ricos não só em relação ao texto, mas também às ilustrações e aos projetos gráficos. Revele esses recursos para a criança, permita que ela desenvolva seus gostos e preferências pessoais.

5-      Permita à criança expressar-se, enquanto você lê: durante a leitura, pode ser que a criança comece a falar sobre a história, demonstrando curiosidade e interesse. Deixe-a expressar-se livremente. Esse envolvimento torna a leitura mais significativa.

6-      Convide pessoas de diversas idades para ler: a leitura pode ser compartilhada por várias gerações. É uma ótima oportunidade para a troca de experiências.