A boneca de Mariazinha

29/4/2013 – 20:50h

A Editora Lê está comemorando os 75 anos de “A Bonequinha Preta” e vai lançar este ano mais uma edição do livro da mineira Alaíde Lisboa, que já ultrapassou a um milhão de exemplares vendidos. A primeira versão é de 1938; outra versão aconteceu em 1981 e a terceira em 2001. Muitos adultos ainda se lembram desta história, que começa assim:

“Mariazinha tem uma boneca.

A boneca de Mariazinha é preta como carvão.

A boneca de Mariazinha é muito bonita!

Ela tem duas trancinhas, tem a boca vermelha e os olhos bem redondos.

Mariazinha gosta tanto da bonequinha preta!”

A Bonequinha Preta, no entanto, não é nada obediente e, por isso, acaba caindo do muro e ficando perdida. Este clássico da literatura infantil trata da desobediência, do amor, do egoísmo e da diversidade _ um conteúdo que já ajudou a formar muitas crianças, continua atual e sendo muito empregado nas salas de aula. Viva a bonequinha preta e a genial Alaíde Lisboa.