A literatura infantil

26/7/2013 – 21:55h

O Portal Educação promove vários cursos online, entre eles, o de literatura infantil. Com base nesta experiência, profissionais do portal produziram um artigo que reproduzimos a seguir.

Os livros lidos na infância influenciam muito na construção do caráter e personalidade de um individuo que vai agregando valores e conceitos à vida através de suas leituras. A literatura infantil é representada por inúmeros escritores de grande talento e prestígio.

Na literatura universal nomes como Hans Christian Andersen, autor de “Soldadinho de Chumbo” e “A Pequena Sereia”, Irmãos Grimm autores de “A gata borralheira”, Jean de La Fontaine com “O Lobo e o Cordeiro” são reconhecidos mundialmente por suas obras que já foram traduzidas para várias línguas e adaptadas para teatros, séries e filmes.

A literatura infantil nacional não fica atrás dos clássicos em questão de qualidade. Monteiro Lobato, considerado o precursor da literatura infantil criou um dos universos mágicos mais conhecidos no Brasil, o Sítio do pica-pau-amarelo. Outros grandes escritores, além de representarem a literatura infantil do país fazem parte da infância de muitas pessoas que cresceram lendo as obras desses autores. Veja agora alguns deles:

Ziraldo: Desenhista, cartunista e escritor. Criou a revista brasileira em quadrinhos “A Turma do Pererê”. Em 1980 lançou o livro infanto-juvenil “O Menino maluquinho”, um sucesso que encanta milhares de crianças e que serviu de inspiração para peças de teatro, filme, quadrinhos e seriado de TV.

Ruth Rocha: Escritora brasileira de livros infantis é membro da Academia Paulista de Letras. Sua obra mais conhecida é “Marcelo, Marmelo, Martelo”. Recebeu o prêmio Jabuti com o livro Escrever e Criar.

Maurício de Sousa: Premiado autor brasileiro de histórias em quadrinhos, com mais de 200 personagens, criou a “Turma da Mônica”, obra que alegra e fascina milhares de crianças em todo o mundo.

Eva Furnari: Escritora e ilustradora de livros infanto-juvenil. No início de sua carreira dedicou-se a livros com ilustrações, sem texto. Personagem mais famosa: “A Bruxinha”.

Ana Maria Machado: Uma das escritoras de maior destaque no Brasil, seu primeiro livro infantil publicado foi “Bento-que-bento-é-o-frade”, que recebeu um prêmio da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.

Fernando Vilela: Escritor e ilustrador, ganhou com o livro “Lampião e Lancelote”  o primeiro lugar no Jabuti 2007 em duas categorias: Melhor livro infantil e Melhor ilustração de livro.

Mariana Massarani: Escritora e ilustradora de livros infantis. Ganhou o prêmio Jabuti de Literatura em 1997 e 2003 na categoria Melhor ilustração de livro infantil e juvenil.

Angela Lago: Escritora e ilustradora recebeu diversos prêmios Jabuti e da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) e outros internacionais. Sua obra “Cena de Rua” foi incluído em uma coletânea da Abrams Press, de Nova York, selecionado entre os quinze melhores livros de imagens do mundo.