Coleção Jovem Pensador

22/4/2014 – 23:11h

A Editora Alaúde lança no Brasil a coleção Jovem Pensador publicada originalmente pela francesa Gallimard. Voltada para crianças a partir de 12 anos, a coleção tem uma proposta inusitada: aplicar conceitos filosóficos para tratar de assuntos que cercam o universo da adolescência como sexualidade, amor, trabalho e estimular a reflexão do leitor acerca desses assuntos.

Os dois primeiros volumes já chegaram às livrarias. Em “Obedecer? Rebelar-se”?, a filósofa Valérie Gérard  _ professora de filosofia e pesquisadora de filosofia moral e política, já publicou vários artigos sobre o tema, além do livro “L’Expérience morale hors de soi” _ questiona temas como autoridade, autonomia intelectual, poder e submissão.

“Amar um pouco, muito… loucamente”? da também filósofa Anissa Castel _ filósofa e professora de filosofia, já traduziu diálogos do filósofo grego Platão para o francês, publicou artigos sobre filosofia antiga e escreveu vários livros sobre o tema para crianças e a adolescentes _ discute o amor e suas consequências.

Ricamente ilustrados, os livros são leves e divertidos e contam com uma coruja como mascote que chama a atenção do leitor para conceitos destacados em balões que auxiliam a leitura.

“Obedecer? Rebelar-se”?

Por que obedecer e até que ponto? Até que idade, eu sou obrigado a obedecer aos meus pais? A obediência gera poder? Essas três questões são algumas das interrogações do livro de Valérie Gérard, que tem 72 páginas. Citando grandes pensadores como Rousseau, Weber, Kant e Hannah Arendt e com ilustrações descontraídas de Clément Paurd, ela aborda a legitimidade da obediência nas diferentes fases da vida do indivíduo, pontuando suas várias matizes e esclarecendo a diferença entre obediência e submissão. Expõe ainda a linha tênue que marca o limite entre a obediência livre e a revolta. Com caráter pedagógico, o livro proporciona uma introdução à filosofia, à política e à sociologia.

“Amar um pouco, muito… loucamente”?

Com a ajuda de filósofos como Montaigne, Stendhal, Pascal, Kant e Descartes, o livro de 88 páginas estimula os jovens leitores a pensarem sobre o amor de forma crítica, analisando os diversos aspectos desse sentimento. Ricamente ilustrada, a obra questiona, por exemplo, por que apesar de existirem bilhões de homens e mulheres no planeta, parece que apenas uma única pessoa é capaz de preencher o coração do outro de forma tão completa. Sorte? Destino? O livro estimula a reflexão sobre o que nos faz amar alguém e também questiona se o amor permanece quando as pessoas mudam, evoluem e se tornam diferentes do que eram no começo.