Incentivo para as crianças

4/5/2014 – 19:31h

A Edelbra avisa que o seu projeto Pequeno Escritor está voltando com força total em 2014 nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre. A expectativa é de que 5.500 estudantes participem da iniciativa da editora que estimula a meninada para escrever seus próprios livros, através das escolas que precisam se inscrever no projeto para poderem acompanhar os pequenos escritores.

Ler e escrever são conquistas importantes na vida de uma criança. São certificados de autonomia, de autoconfiança. A criança que lê desenvolve a criatividade e a imaginação, adquire conhecimentos, cultura e aprende valores. Também se familiariza com a palavra escrita, aprende a entender melhor o mundo e a si mesma.

O desenvolvimento das competências de ler e escrever requer trabalho constante, comprometido com a melhor qualidade e capaz de competir com os inúmeros recursos da mídia e da comunicação. Que tal se a criança visse seu nome escrito na capa de um livro? E se esse livro fosse realmente escrito por ela?

É essa a ideia do projeto Pequeno Escritor. Uma forma de levar às escolas a oportunidade de transformar suas crianças em autores de uma obra própria. Uma iniciativa que a Edelbra tomou para promover a criatividade, o interesse pela leitura e o aperfeiçoamento da escrita nos anos iniciais.

O projeto se propõe a auxiliar a escola no seu compromisso de desenvolver as competências de leitura e de escrita. Temas contemporâneos são sugeridos para trabalho, supondo leitura e produção textual. Para subsidiar a atividade é apresentada uma metodologia de leitura e produção de textos. À medida que a escola se engajar no projeto, terá acesso aos roteiros pedagógicos que subsidiam cada tema, bem como às pranchas ilustradas que servirão de suporte às produções individuais. No final, cada criança receberá seu livro personalizado, com a mais alta qualidade de impressão.

O projeto Pequeno Escritor sugere a adoção de uma metodologia, disponibilizada passo a passo, para auxiliar a escola na tarefa de formar leitores e produtores de texto. A metodologia é flexível, ajustando-se a alguns dias, se o objetivo for singelo, ou pode durar vários meses e agregar diferentes componentes curriculares, numa ação interdisciplinar.

Depois dos textos produzidos, são digitados pelos próprios alunos em um sistema interativo, revisados pelos responsáveis pelo projeto na escola e enviados de forma automatizada para a Edelbra, que vai produzir cada um dos livros.

Ao final do projeto, cada criança receberá seu livro em um evento especial. A Edelbra oferece suporte para todas as etapas do projeto através da Central Pedagógica Edelbra. Contato: (51) 2118-4403 | centralpedagogica@edelbra.com.br