“A menina que desenhava com amoras”

8/6/2014 – 21:39h

Aqui está um romance, uma ficção, tem como referência fatos reais. O que interessa é explicitar as experiências de uma criança que deseja resgatar os momentos felizes vividos com a família, mas é vencida pelo medo, pânico e solidão em tempo de chumbo no Brasil.

É um implacável desejo de reviver brincadeiras, alegrias e fantasias de sua vida infantil, porém, é bloqueada e atormentada pela tortura que sofreu. Através da ficção, a autora desnuda fatos que se passaram nos porões da Ditadura Militar no Brasil, de 1964 a 1985.

Lançamento: dia 10/6, 19h, na Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa.