Peça seus livros

2/10/2014 – 19:37h

No mês das crianças, volta o sucesso da Coleção Itaú de Livros Infantis e a Fundação Itaú Social dá início a uma nova campanha de doação. Este ano, espera-se que mais gente venha a aderir à campanha.  Leia para uma criança! Aproveite o incentivo para formar o hábito de ler para sempre. Entre no site https://www.itau.com.br/crianca/pratique/, preencha um pequeno cadastro e peça os dois exemplares que estão sendo doados este ano:

Gato pra cá, rato pra lá – Sylvia Orthof – Se alguém for procurar uma grande história, neste livro, não vai encontrar. Ele resolveu escolher o caminho do singelo, e livro, se a gente não deixar ele ser como ele cisma, fica amarrado. Acho que esta história é pra ler pouco e imaginar muito.

Papai!- Philippe Corentin – À noite, criança dorme? Nem sempre. Às vezes, na hora do descanso, ela quer os pais por perto. Pois monstros, fantasmas e similares habitam o quarto e provocam pesadelos. É difícil de distinguir o sonho da realidade. Por isso, pede socorro. E não é só a mãe que aconchega e acalma. A presença protetora e corajosa do pai é sempre bem-vinda.

Processo de seleção dos livros

Em 2014, os gêneros narrativo e lírico foram definidos como critérios principais para a escolha dos livros que compõem a Coleção Itaú de Livros Infantis. O processo de seleção contou com profissionais renomados e ocorreu em três etapas: uma triagem inicial feita pela consultoria A Cor da Letra e equipe do programa Itaú Criança mais duas comissões de especialistas em literatura infantil.

Foram considerados os seguintes critérios:
– Foco na faixa etária de 0 a 5 anos;
– Livros que também despertem o interesse de adultos que irão acompanhar as crianças na leitura;
– Títulos, autores e editoras diferentes das edições anteriores do Itaú Criança;
– Reconhecimentos e premiações em projetos e programas de leitura, número de edições dos livros, reimpressões e tiragem;
– Autor deverá ter publicado mais de um livro de literatura dirigido ao público infantil;
– Livros que apresentem temas universais, considerando a diversidade e características regionais, costumes e cultura brasileira.

Além disso, para a composição final dos dois livros da Coleção pelo menos um dos livros deve ser de autor nacional e os livros devem ser de editoras diferentes.