“E o pequeno Grou migrou”

16/9/2015 – 18:54h

A designer Elle Pei estreia na literatura com conto infantil sobre o respeito às diferenças culturais. Em sua primeira incursão na literatura, ela aborda o tema por meio das aventuras do Pequeno Grou, ave migratória que descobre novos modos de vida em sua jornada pelo mundo. A obra reúne trilha sonora, livro de colorir e é inspirada na história da própria autora, que fala 11 idiomas e já visitou 30 países.

Com ilustrações autorais e uma viagem pelo universo das aves repleta de curiosidades, a paulista Elle Pei lança, dia 3 de outubro, seu primeiro livro, o conto infantil “E o Pequeno Grou Migrou”, com o qual busca mostrar, por meio das aventuras do carismático personagem, a importância do respeito às diferenças culturais. O lançamento será na Livraria Blooks, instalada no Shopping Frei Caneca, região central de São Paulo, das 15h às 18hs. Na oficina de origami (arte de dobrar papel) que será realizada, a criançada aprenderá a fazer grous em várias cores.

Ave migratória, o Pequeno Grou parte para sua primeira jornada solo, com o objetivo de fugir do inverno severo que anualmente castiga a região em que vive com a família.  Durante a viagem, ele cruza com oito espécies de aves (pelicanos, flamingos, pinguins, papagaios-do-mar, tucanos, corujas, beija-flores e queleas), até então desconhecidas por ele. E descobre que, apesar de os novos amigos viverem em habitats e terem costumes bastante distintos, cada um é feliz a seu modo.

A estória do Pequeno Grou, que sai pela editora Atitude Terra, é inspirada na trajetória da própria escritora, de 27 anos, que desde pequena transita por várias culturas, incentivada pelos pais.  Nascida em uma família de imigrantes taiwaneses, ela tem rodado o mundo. Dos 30 países que já visitou, morou em Coventry (Inglaterra), Copenhague (Dinamarca), Taipei (Taiwan) e Istambul (Turquia), e fala 11 idiomas (mandarim, taiwanês, inglês, francês, japonês, turco, alemão, italiano, espanhol e coreano, além do português).

As vivências multiculturais a fizeram perceber,  desde cedo, a importância do respeito às diferenças de costumes nas relações interpessoais. Por entender que esse respeito deve ser trabalhado desde os primeiros anos de vida de toda criança é que Elle Pei optou por uma obra dirigida a esse público.

Designer de produtos, Elle também faz sua estreia como ilustradora em “E o Pequeno Grou Migrou”. Para produzir à mão os personagens e seus habitats nas 48 páginas do conto infantil, ela desenvolveu uma técnica própria, utilizando como base folhas de jornal, pastel oleoso e um mix de colagem manual e digital.

A partir da obra principal, produzida em três meses, Elle criou novas peças para acompanhá-la. Faz parte do projeto uma trilha sonora, que permite à criançada conhecer a sonoridade do ambiente de cada uma das aves, e um livro de colorir, com informações e curiosidades sobre as oito espécies.

Grou é uma ave em extinção, com apenas 14 espécies no mundo e pouco conhecida na América do Sul. É facilmente encontrada na Ásia, Europa, África, Austrália e América do Norte.  Para sua obra, Elle escolheu o grou do Japão, ou tsuru (nome da ave em japonês). No arquipélago, está presente em Hokkaido, região localizada ao norte do país.

Após o lançamento no Brasil, Elle planeja novos voos para o Pequeno Grou. Seu projeto para o próximo ano é traduzir o livro para cinco idiomas: inglês, japonês, turco, alemão e mandarim.