Luan, do Galo, lança livro infantil

8/12/2015 – 0:34h

Atacante Luan, do Clube Atlético Mineiro, lança o seu primeiro livro infantil “Luanzinho, Sonho de Criança”, em parceria com o escritor Caio Ducca, dia 9 de dezembro, às 18h, na Livraria Leitura do BH Shopping.

Fonte: Victor Martins – UOL

Luan Madson Gedeão de Paiva tem apenas 25 anos e uma personalidade forte. O jogador do Atlético-MG é marcado pelo estilo de jogo dentro de campo, daquele tipo que encanta o torcedor pela raça e também pela qualidade técnica. Nas entrevistas é franco. Espontâneo, nunca escondeu a vontade de escrever um livro. Sonho que está perto de ser realizado.

Dia 9, quarta-feira, o meia atacante do Atlético vai lançar em Belo Horizonte o livro ‘Luanzinho, Sonho de Criança’, em parceria com o escritor Caio Ducca. A obra é inspirada na infância e na carreira do jogador, o idealizador do projeto.

“É uma ideia do próprio Luan. Ele sempre teve esse sonho de escrever um livro e sempre teve um carinho especial pelas crianças. Não é hipocrisia e nem marketing, é verdade. Percebo nas vezes que estou com ele a paciência que ele tem com crianças e com os cachorros” disse ao UOL Esporte o escritor Caio Ducca, escolhido por Luan para escrever e ilustrar o livro.

Parceira que começou por causa das recentes conquistas do Atlético. Autor de outros livros infantis, Caio Ducca também escreveu sobre os títulos alvinegros da Copa Libertadores de 2013 (A América é do Galo) e da Copa do Brasil de 2014 (A Maior Emoção do Brasil).

“Já conhecia o Luan por causa do livre sobre a Libertadores. Inclusive ele esteve presente no lançamento, foi muito legal. Na Copa do Brasil ele também deu um belo depoimento para o livro. E sempre brincava comigo que um dia ele também escreveria um livro. Em março ele conversou com o Atlético, renovou o contrato e depois me procurou”, conta Ducca.

A história do livro é baseada na infância de Luan, em São Miguel dos Campos, em Alagoas, na fazendo em que foi criado pelos avós. Luanzinho tem um companheiro de aventura, o cachorro chamado Bola. Assim, tudo o jogador mais gosta está retratado na obra: futebol, criança e cachorros.

“Depois que ele falou que a ideia era escrever um livro infantil, eu levei muito material para ele, para conhecer formatos. Inclusive ele já tinha um livro meu, sobre a história da Copa do Mundo (Uma História das Copas – A Conquista da Taça Jules Rimet). A partir de então ele começou a contar a história da vida dele para mim, tenho até material para fazer uma biografia. Tanto que ele considera que o livro retrata a infância dele”, completou o autor.

Devoto de ‘São Victor’, o atleticano Caio Ducca revela o prazer de trabalhar ao lado de outro ídolo. “Saber que o Luan tinha um sonho e eu realizei é muito legal”, comentou Ducca, que ficou sem escrever sobre o clube do coração em 2015, mas espera completar ‘a trilogia’ no ano que vem.

“Imaginava escrever a trilogia: Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Mas eu não desisti. E nem faço questão que seja só o Brasileiro. O importante é fazer cada vez mais e melhor. Tive a oportunidade de escrever sobre a Libertadores mais emocionante e a Copa do Brasil do impossível. Quando ficamos oito pontos atrás do Corinthians eu até pensei que viria outro livro. Mas eu fico apenas no aguardo, apenas coloco no papel. Fico na expectativa, pois o Atlético é o time mais emocionante que tem”.