A história dos biscoitos de gengibre

A encantadora de histórias Juliana de Castro Anselmo com o seu restaurante da imaginação, o Bistrô da Juju, tem sempre uma narrativa gostosa para nos contar. Com seu avental recheado, chapéu branco mágico e um tanto de talheres para cozinhar surpresas para as crianças, hoje, ela vai contar como surgiram os biscoitos que enfeitam o Natal e ensinar a receita para o leitor saborear mais esta guloseima natalina.

Um lembrete: dia 24/12, o blog vai falar de outra história baseada nos biscoitos do gengibre contada no livro “Vamos apostar corrida?”, de Henrique Vale, ilustrado por Vanessa Prezoto, Editora Bambolê.

p18992i1ft1v2p1mab6g9qd31nqm4

As palavras doces da Juju

É tempo de Natal! O Bistrô da Juju, um restaurante da imaginação, onde se prepara palavras, confeitam-se sonhos e cozinha-se alegria e esperança, irá oferecer aos seus clientes um cardápio muito especial.

Dizem que existem muitas histórias sobre a origem dos biscoitos de gengibre e mel, que são os principais ingredientes dos pequenos homenzinhos natalinos. Uma delas remete ao século XV, na Europa, onde já havia a tradição de construir casas e bonequinhos de pão de mel.

Isso inspirou mais tarde, os irmãos Grimm a criarem a famosa história de João e Maria. Estes biscoitos por terem uma longa duração e poderem ficar fora de refrigeração são utilizados para enfeitar árvores e arranjos natalinos que ficam muito charmosos.

Existe uma fábula sobre eles que é a seguinte:

15203281_827643937375746_999585642366984464_n

“Era uma vez, há muito tempo, uma velha senhora que estava assando um grande biscoito de gengibre em formato de boneco. Quando ele estava pronto e ela abriu o forno, o biscoito como por encanto pulou da forma e saiu correndo pela janela. A senhora e o marido começaram a correr atrás dele, pois estavam famintos, mas o biscoito conseguiu escapar, enquanto gritava:

– Corra, Corra! Corra o mais rápido que puderem! Vocês não podem me pegar. Eu sou o homem de biscoito de gengibre!

Logo à frente, o biscoito encontrou vários animais, famintos que também queriam come-lo: a vaca, o porco, o cavalo… e ninguém conseguia alcançá-lo.

Para todos, ele gritava:                                                   

– Corra, Corra! Corra o mais rápido que puderem! Vocês não podem me pegar. Eu sou o homem de biscoito de gengibre!

Bem, o homem de biscoito de gengibre, correndo como nunca, assustou-se quando chegou à margem do rio.

E agora? Foi o que ele pensou.

Aí uma raposa apareceu muito prestativa e ofereceu-lhe uma ajuda para atravessar o rio.

– Suba nas minhas costas, disse a raposa. Vou levá-lo até a outra margem.

– Mas você não está com fome? Não vai me comer? Perguntou o homem de biscoito de gengibre.

– Não, respondeu a raposa!

O homem de biscoito de gengibre aceitou o convite e subiu em suas costas.

Durante a travessia, a raposa foi queixando-se que o homem era muito pesado e pediu a ele que mudasse de lugar até chegar a seu focinho.

Quando chegaram à outra margem do rio, a raposa o jogou para cima, tentando comê-lo. O homem de biscoito de gengibre foi muito mais esperto e saiu correndo:

– Corra, Corra! Corra o mais rápido que puder! Você não pode me pegar. Eu sou o homem de biscoito de gengibre!

A raposa escorregou nas margens do rio e foi levada pela correnteza.

E dizem que até hoje o homem de biscoito de gengibre corre por aí sem que ninguém consiga pegá-lo.”

A receita dos biscoitos de gengibre

untitled-3Ingredientes:

100 g de manteiga

1 xícara (chá) de açúcar mascavo

4 colheres (sopa) de mel

1 ovo

1 colher (café) de gengibre em pó

1 colher (sobremesa) de bicarbonato de sódio

2 xícaras (chá) de farinha de trigo

untitled-5Modo de Preparo:

Em uma panela, coloque a manteiga, o açúcar e o mel. Leve ao fogo e misture bem até que derreta.

Transfira para uma tigela, acrescente o ovo, o gengibre em pó e o bicarbonato de sódio e misture.

Junte a farinha de trigo aos poucos, mexendo sempre, até que a massa fique consistente. Deixe descansar no refrigerador por 2 horas.

untitled-4Em seguida, retire a massa e abra-a numa espessura de cerca de um centímetro.

Corte-a no formato que desejar com uma faca ou utilize cortadores de biscoito, xícaras e copinhos. Coloque os biscoitinhos em uma assadeira e leve ao forno médio (180ºC) pré-aquecido por 10 minutos ou até que estejam dourados.

Rendimento: 40 pessoas – Tempo: 45 minutos

Mensagem da Juju

15241203_827645997375540_2378606634255722063_n

Desejo que todos possam ter um Natal muito feliz!

Que façam os biscoitos de homem de gengibre para enfeitar o Natal de vocês.

E, cuidado: se eles saírem correndo, corram atrás o mais rápido que puderem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *