“Planeta Azul” e as aventuras para 2017

“Planeta Azul” é uma revista em quadrinhos, que circula especialmente em escolas e é editada pela Fundação Mokiti Okada, em São Paulo. O planejamento da revista para 2017 prevê conteúdo que privilegia respeito à natureza e valores humanos como altruísmo, cidadania, cooperação, paz, alegria, gratidão, harmonia e virtudes. A equipe que produz “Planeta Azul” está divulgando os rumos da revista para o próximo ano. O primeiro número de 2017 vai circular no mês de março e todas as edições continuarão como referência para pais e professores. O que os personagens Mestre Coruja, Professora Bela, Abelhuda e Abelhudinho, Flora, Doutora Ararilda, Periquito, Dado, Mel, Cascudão e Lili entre outros vão aprontar?

capa-hq-guial

planeta-azul-outubro-300x269

 

 

 

 

 

 

 

Em formato de história de quadrinhos, a Revista “Planeta Azul” é publicada em oito edições correspondentes aos meses do ano letivo. Cada edição é composta de histórias verídicas vividas pelos alunos em sala de aula, em suas famílias e/ou na sociedade e adaptadas aos personagens da Turma do Planeta Azul. As narrativas abordam temas como: cidadania; preservação do meio ambiente; formação do caráter altruísta; bondade; cortesia; respeito; limpeza e organização; alimentação saudável; arte etc.

mestre_coruja150As experiências chegam à redação da revista por meio de centenas de cartas enviadas aos personagens bem como são obtidas por intermédio de acompanhamento e/ou visitas às escolas. Aquelas que se encaixam dentro da proposta anual são transformadas em roteiros e produzidas em novas histórias publicadas nas respectivas edições. Por esta razão, é importante que o professor fique atento à prática de boas ações dos alunos e, dentro do possível, os estimule na elaboração do roteiro da história. Este exercício favorece os estímulos cognitivos, o raciocínio lógico-operatório, a estrutura do pensamento, o ensino-aprendizagem, bem como auxilia no desenvolvimento da linguagem oral e escrita, na compreensão de texto, no vocabulário, no interesse pela leitura, entre outros.

No material divulgado, a equipe de produção afirma:prof_bela“Sabemos que a conservação dos sistemas naturais e da diversidade da vida está estreitamente ligada à diversidade cultural. As pessoas e as culturas de todos os tempos construíram suas vidas e histórias baseadas em valores, que, por sua vez, podem ser compreendidos como referenciais que norteiam nossas motivações, escolhas e maneiras de sentir e agir”.

“Os valores são semeados e construídos no interior da mente humana, através de uma profunda articulação com a família, a escola e a sociedade, ou seja, passam a fazer parte do nosso mundo interior durante a convivência cotidiana, em um ambiente em que eles são cultivados. O bem, a justiça, a solidariedade, o respeito à vida, o amor ao próximo, a gratidão à Natureza são exemplos de valores dos quais todos somos responsáveis pela sua disseminação e prática. Em meio aos avanços tecnológicos, abordagens sobre sustentabilidade etc reconhecemos que o próprio desenvolvimento humano precisa ser capaz de proteger a estrutura, o funcionamento e a diversidade dos sistemas naturais, dos quais dependem todas as espécies, inclusive a nossa”.

abelhudaperso_abelhudinho“Com isso, temos como base principal deste trabalho incentivar os valores humanos e a gratidão à Natureza, de modo acontribuir para o processo de ensino – aprendizagem e a extrair o que há de melhor no indivíduo, que, em sua formação, esteja consciente de que a ação de um único ser humano pode influenciar positivamente o caminho de muita gente”.

“O mundo se torna um lugar melhor quando cada indivíduo torna-se uma pessoa melhor. É imprescindível que a sociedade num todo, assuma responsabilidades na formação das gerações futuras, para que possam usufruir de uma evolução consciente, feliz e equilibrada”.

HQ visam a formação infantil

ararilda150As histórias criadas para a revista visam desenvolver valores e ações que promovam a formação individual e coletiva em relação ao respeito à vida, à justiça, à solidariedade e à harmonia social e ambiental em prol da construção de um mundo melhor.

Despertar a percepção do aluno para atitudes de respeito à vida; amor ao próximo; servir à humanidade e ter gratidão à natureza;

cascudao_150Criar e motivar um ambiente propício para a realização de atividades que incentivem as capacidades individuais do aluno, dentro de um contexto coletivo em que se perceba o todo e se trabalhe para o bem coletivo;

Desenvolver métodos que abordem a prática de valores inerentes do ser humano, como altruísmo; gratidão; amor; solidariedade etc;

Aumentar a capacidade de o aluno compreender, além de métodos e conceitos sobre sustentabilidade, a gratidão à grande natureza;

Reconhecer e explorar os benefícios de uma alimentação saudável e o consumo de produtos da agricultura natural e orgânica.

peperiquitoflora150A revista ainda promove entre seus leitores a Campanha do Obrigado, incentivo à horta caseira, preparação de arranjos de flores naturais, cozinha experimental, relaxamento, diário de aprendizados, pensamento da semana e música. Mais informações: www.planetaazul.com.br     (11) 5087-5000

Um pensamento sobre ““Planeta Azul” e as aventuras para 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *