A super feira dos livros infantis

Está começando a 54ª Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha (de 3 a 6 de abril), na Itália, considerada a maior do gênero em todo o mundo.

B43891F208D307F1331326DBEE9D1D19

O Brasil estará representado na 54ª Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha pelo Brazilian Publishers, projeto da Câmara Brasileira do Livro em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos. Para representar o país, um estande de 96m² contará com a presença de 15 editoras reconhecidas pela sua atuação no mercado infanto-juvenil. São elas: Autêntica, Bom Jesus, Callis, Companhia das Letras, Cortez, Cria, Editora do Brasil, Escala, FTD, Girassol, IMEPH, Melhoramentos, Pallas, Sesi/Senai e Todolivro.

710-Brazils-stand-at-Bologna-2016-ftw-710x473

Além da participação na feira, o Brasil poderá conquistar um grande prêmio, recebido uma única vez, em 2013, pela Cosac Naify. Fruto do reconhecimento por seu trabalho, a Companhia das Letras – editora apoiada pelo Brazilian Publishers – concorre esse ano ao prêmio de melhor editora de livros infantis em Bolonha, o Bologna Prize Best Children´s Publishers of the Year. A editora concorre com a Babel Libros (Colômbia), Ediciones El Naranjo (México), Fondo de Cultura Económica (México) e Tecolote (México).

untitledA Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) apresenta na feira italiana o catálogo “FNLIJ’s selection of Brazilian writers, illustrators and publishers” disponível para download no site www.fnlij.org.br.

Na edição de 2017 da publicação, em inglês, impressa com apoio da editora FTD, está a lista dos livros que ficarão expostos no estande da entidade, com 120 títulos selecionados de autores brasileiros. A lista apresenta as capas de cada livro e sua resenha, sendo dividida pelas categorias Criança, Jovem, Não ficção, Poesia, Livros de imagem, Drama e Reconto. As categorias Teórico e Reedições contam apenas com os títulos dos livros.

Com capa de Marilda Castanha, de seu livro “Sem fim” (Editora Positivo), um dos vencedores do 3º Concurso de Ilustrações da ilha de Nami na categoria Purple Island, o catálogo também contém os vencedores do Prêmio FNLIJ 2016, a nova edição de O Saci, de Monteiro Lobato, pela editora Globo, a candidatura de Marina Colasanti e Ciça Fittipaldi para o Prêmio Hans Christian Andersen – IBBY de 2018, bem como os títulos brasileiros constantes no catálogo White Ravens de 2016.

bcbf_testata_02_centrale

Ainda na programação da FNLIJ, na feira de Bolonha, o escritor e ilustrador Roger Mello, vencedor do prêmio Hans Christian Andersen em 2014, receberá ilustradores que queiram mostrar seu portfólio. A atividade acontecerá no estande da FNLIJ com o objetivo de dar oportunidade a jovens ilustradores de conversar sobre seu trabalho com um artista de relevo internacional e grande rigor artístico. Aberto aos visitantes da feira, a atividade está marcada para a terça-feira, 4 de abril, das 16h às 18h.

Link da feira: http://www.bookfair.bolognafiere.it/home/878.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *