“Entre Tantos”

Vivemos entre tantas pessoas. Entre tantos personagens. Muitas vezes, conhecemos alguém, que é amigo de um parente, ou um parente, que tem conhecidos em comum. Outras vezes, mostramos afinidade com colegas, vizinhos e desconhecidos mais intensamente do que com os próprios familiares. As crianças sabem disso e, desde a infância, inicia-se a construção de amizades e relacionamentos, a partir desses elos. É o tema tratado no lançamento da Editora do Brasil.

2388

A proximidade entre as pessoas é mostrada daquela maneira mais usual que conhecemos:

Estela, que é vizinha de Marli,

Que é tia do…

Não é assim que costumamos dizer?

Carlinhos,

Que é neto do Ernesto,

Que é casado com a…

As 30 páginas do livro contêm os elos dessas ligações interpessoais, que unem pessoas numa famosa teia de existência.

O autor e ilustrador Marcelo Cipis conta que “quando criei este livro, não tinha nenhuma intenção ‘séria’ a priori”, diz. Segundo ele, seu interesse era fazer os pequenos se divertirem com a descoberta de que o mundo não era como eles imaginavam. “O único objetivo era fazer algo divertido e, desta forma alegrar o leitor, talvez apontando para aquele ditado: ‘que mundo pequeno’, de forma inesperada para ele”.

O livro, no entanto, permite que o público infantil possa conhecer a existência dos graus de parentescos entre as pessoas, um pouco da infinidade de nomes próprios ou alguns dos diferentes tipos de profissão, cujas relações, embora descritas no figurino do personagem, estão presentes no livro, que o faz simples, belo e riquíssimo. “O final é que traz a chave para a surpresa”, completa Cipis.

Marcelo Cipis nasceu em 1959, em São Paulo. É pintor, desenhista e ilustrador. Iniciou sua formação em artes plásticas, na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap). Ingressou, após alguns anos, na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP), formando-se em 1982. Nesse período começou a trabalhar como ilustrador em revistas e jornais. P

Participou da 21ª Bienal Internacional de São Paulo, com a instalação Cipis Transworld, e das 4ª e 5ª edições da Bienal de Havana, Cuba. Em 1994, recebeu o Prêmio Jabuti pela capa do livro Como Água para Chocolate, de Laura Esquivel. Produz ilustrações para vários jornais, revistas e livros infantis.

O livro custa R$ 46,10 e pode ser comprado no site da editora: https://www.editoradobrasil.com.br/lojavirtual/detalhe.asp?CODIGO=72150102211

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *