Festival Literário de Araxá

A cidade histórica mineira de Araxá ficará diferente a partir de hoje, 27 de junho, data de início do evento literário que transforma a cidade e deixa grandes registros no segmento da literatura. Até o dia 1° de julho uma programação rica e variada vai ser desenvolvida nas dependências do Tauá Grande Hotel.*

bussdoor_uberaba

O tema do VII Fliaraxá é “Alma, Leitura e Revolução”, daí a presença de dois autores muito especiais: Monja Coen e Leonardo Boff. A abertura da sétima edição do Festival Literário de Araxá será marcada por homenagens, diversão e também reflexão sobre o mundo de hoje. As atividades começam às 11h, com a abertura da livraria e da área de gastronomia ao som do DJ Zubreu. Serão 2.425m² de cobertura externa com a maior livraria de todos os festivais brasileiros,com 830 metros quadrados. Às 15h estão todos convidados para acompanharem a transmissão do jogo entre Brasil e Sérvia, no grande telão montado no local. Logo após a partida, o grupo Samba Quente assume o palco. A abertura oficial está marcada para as 18h.

A programação infantojuvenil tem a curadoria de Leo Cunha, autor de mais de 60 livros infantis, professor, tradutor e atualmente curador. Nesta última atividade, ano passado, ele foi responsável pela programação do 3º Salão do Livro Infantil e Juvenil de Minas Gerais. Quando recebeu o convite para Araxá, diz que se sentiu seduzido pelo tema escolhido para 2018: Leitura, Alma e Revolução. “É um tema complexo e meio abstrato, mas será muito trabalhado com as crianças e jovens no concurso de redação. Esse imaginário já está próximo a elas”, disse.

A consagrada autora infantil Ana Maria Machado conversa com as crianças, dia 29/6, com muita história para contar. Ela tem mais de 40 anos na literatura, 100 livros publicados e 20 milhões de cópias vendidas em 26 países

A consagrada autora infantil Ana Maria Machado conversa com as crianças, dia 29/6, e tem muita história para contar. São mais de 40 anos na literatura, 100 livros publicados e 20 milhões de cópias vendidas em 26 países

Na programação do VII Fliaraxá, entre os autores infantojuvenis, destaca-se as presenças de Pedro Bandeira, Ana Maria Machado, Paula Pimenta, Marina Colassanti, Marcelo Xavier, Ilan Brenman, José Santos, Rodrigo Libânio Christo, Lucrécia Leite, Fernanda Oliveira (Fê Liz), Salatiel Silva e Tino Freitas.

Em 2018, o Fliaraxá dará continuidade às linhas traçadas com sucesso em sua edição anterior: forte presença nas escolas, professores e pais, com interlocução junto ao poder público na área de educação, a continuidade do “Prêmio de Redação Maria Amália Dumont”. A programação infantojuvenil pode ser conhecida no link http://www.fliaraxa.com.br/programacaogeral/

Paula Pimenta, autora de Fazendo meu Filme, Minha Vida Fora de Série, Princesa Adormecida e Princesa Pop participará de um bate-papo, dia 29/6, com o público infanto-juvenil

Paula Pimenta (autora de Fazendo meu Filme, Minha Vida Fora de Série, Princesa Adormecida e Princesa Pop) participará de um bate-papo, dia 29/6, com o público infantojuvenil

Nesta edição, muitas novidades vão agitar ainda mais o evento: o“Fliaraxá Mirim vai construir atividades dedicadas às crianças na grama e arredores do Grande Hotel. Uma parceria com o Museu dos Brinquedos leva ao Festival uma exposição com o melhor do acervo da instituição, que conta a evolução dos brinquedos desde seu surgimento e a forma como eles refletem nossa sociedade. Essa programação especial, você pode encontrar aqui: http://www.fliaraxa.com.br/museu-dos-brinquedos/

Espaço dedicado ao brincar, o Canto dos Brinquedos vai promover gincanas, brincadeiras coletivas, oficinas de construção de brinquedos e outras atividades que resgatam a ludicidade e a interação ao ar livre. Aos que preferirem uma boa sombra, histórias selecionadas da Ana Maria Machado, autora homenageada do Festival, serão contadas ao pé de uma árvore.

image_content_1478557_20180511150825

Livro destacado

O livro ‘Infâncias aqui e além mar’ venceu o principal prêmio da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil do Brasil (FNLIJ). A obra foi escrita em parceria com o também poeta português José Jorge Letria com ilustrações de Cátia Vidinhas (Portugal) e Eloar Guazzelli (Brasil).

Segundo José Santos, ‘Infâncias aqui e além mar’ trata das memórias de infância dos seus autores. O autor mineiro viveu seus primeiros anos em pequenas cidades como Volta Grande, Santana do Deserto e Cataguases.

O livro foi considerado como o melhor em língua portuguesa do panorama editorial brasileiro de 2017. A entrega dos prêmios está marcada para hoje, dia 27 de junho, na abertura do 20.º Salão do Livro para Crianças e Jovens, organizado pela FNLIJ, e que está acontecendo no Rio de Janeiro.

José Santos já esteve no Fliaraxá em outras ocasiões. Ele é mineiro, mas vive em São Paulo desde 1991. Tem 15 livros publicados, com mais de 350 mil exemplares impressos. Em 2017 foi o ganhador do 3° lugar no Jabuti na categoria livro infantil. Dia 30/6, ele estará presente no Mastigando Autores do Fliaraxá.

  • Essa matéria foi preparada a partir do material produzido pela assessoria de imprensa do Fliaraxá disponível no site do evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *