Agora, está nas mãos dos professores

A imagem mostra os livros de Alexandre Rampazzo selecionados pelo PLND 2018

A imagem mostra os livros de Alexandre Rampazzo selecionados pelo PLND 2018

No dia 2 de setembro, saiu o resultado do PNLD (Programa Nacional do Livro e do Material Didático) e Literário. Foram selecionados 97 títulos didáticos, que servirão de base para as escolhas dos livros a serem adotados por escolas públicas de todo o país. E 704 obras literárias, que serão distribuídas a alunos da Educação Infantil, dos anos iniciais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Cabe às escolas, agora, escolherem os livros com os quais os professores desejam trabalhar em 2019.

O PNLD é destinado a avaliar e a oferecer obras didáticas, pedagógicas e literárias, entre outros materiais de apoio à prática educativa, de forma sistemática, regular e gratuita, às escolas públicas de educação básica das redes federal, estaduais, municipais e distrital e também às instituições de educação infantil comunitárias, confessionais ou filantrópicas sem fins lucrativos e conveniadas com o poder público.

Esse programa distribui, em todas as escolas públicas da educação básica, livros didáticos e acervos de obras literárias, obras complementares e dicionários para uso do professor e do aluno em sala de aula. A cada ano, o programa atende a uma parte da educação básica: educação infantil, anos iniciais e anos finais do ensino fundamental e ensino médio. A cada três ou quatro anos, governo federal repõe as obras faltantes nas escolas, renovando todo o conjunto dos livros, de forma a atualizar os conteúdos.

As escolas terão duas semanas para avaliar o material aprovado nas diferentes disciplinas e escolher as coleções que mais se adaptam ao seu contexto. No caso das obras literárias, Clique aqui para ter acesso à lista das obras selecionadas.

Depoimentos colhidos em rede social

Alexandre Rampazzo, escritor e ilustrador – “Isso faz a roda girar em vários sentidos: produção dos autores, das editoras, mercado gráfico e principalmente o livro de literatura chegando aos leitores da rede pública. Agora são os professores da rede de escolas públicas que escolhem os livros que querem receber. Um caminho pra termos uma variada produção, chegando nas bibliotecas de todo país e principalmente, nas mãos dos alunos leitores”.

40611744_1778449092272380_1873457321401647104_o

Fabrício Valério, escritor – “Muito feliz com os selecionados no PNLD 2018. Espero que os professores e as professoras gostem deles tanto quanto eu gosto. Já é uma vitória, de todo modo. Viva!”

40679788_10217664248177186_1913822106949255168_n

40363714_10217664250817252_1498664284580741120_n

 

 

 

 

 

 

 

 

Stella Maris Rezende, escritora – “A coragem das coisas simples’ e ‘As gêmeas da família’ foram aprovados no PNLD literário 2018. Agora é torcer para que sejam escolhidos pelos professores. Ou seja, a luta pela leitura literária continua. A luta pela arte, esse fascinante exercício de liberdade. Quem censura a arte tem medo das perguntas e das inquietações. No fundo, tem medo de si mesmo”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *