Livros infantis premiados

Muitos autores, ilustradores e editores estão comemorando a conquista do 60º Prêmio Jabuti  já com a estatueta nas mãos. Responsável por essa láurea considerada a mais importante para a literatura brasileira, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) apresentou e premiou com R$ 5 mil os finalistas de cada uma das 18 categorias e o vencedor do Livro do ano com R$ 100 mil, no dia 8 de novembro, no Ibirapuera, São Paulo. Quem desejar conferir a lista, que traz os livros em ordem alfabética, clique aqui.

A cerimônia também homenageou o poeta amazonense Thiago de Mello com o prêmio “Personalidade Literária” em reconhecimento ao conjunto de sua obra – referência da literatura regional do Brasil, conhecida internacionalmente e traduzida para mais de 30 idiomas.

Como tratamos de literatura infantil, o blog vai destacar os vencedores de duas categorias: Ilustração e Literatura Infantil / Juvenil.

36527110_1789201134450380_1431626845886873600_n

Ilustração – 1º Lugar – Título: “Os trabalhos da mão” | Ilustrador: Nelson Cruz – Editora Positivo

O ilustrador mineiro Nelson Cruz (foto acima) recebeu o seu terceiro prêmio Jabuti com o livro “Os trabalhos da mão”. A obra, já reconhecida com o Selo Altamente Recomendável da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) e o Prêmio FNLIJ Malba Tahan como Melhor Livro Informativo, foi escolhida entre dez finalistas e premiada com o 1º lugar na categoria Ilustração do Jabuti 2018 nesta quinta-feira, 8, no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo. O livro foi lançado em abril de 2018 e é recomendado para crianças a partir de 9 anos.

esse

 

Com texto de Alfredo Bosi, “Os trabalhos da mão” traz diferentes pontos de vista de tudo o que o ser humano faz com as mãos. Com um vocabulário abrangente, o livro traça o desenvolver dos trabalhos manuais em um texto que transita entre o poema e a prosa. Os desenhos de Nelson Cruz conversam com os versos de Bosi por meio de obras reconhecidas da arte mundial, porém, com um novo olhar do ilustrador. Quadros como “Criação do sol e da lua” e “A criação de Adão”, de Buonarroti, e “Estudos sobre física”, de Da Vinci, foram redesenhados por Cruz, que conta ter procurado relacionar obras marcantes em sua história com trecho do texto.

imagem_release_1499672

“Deixei meu olhar passear por várias obras e pintores que sempre admirei. Nesse sentido, fiz um mergulho no tempo, rememorando minha trajetória de artista”. Sobre o livro, o ilustrador expõe que foi conquistado pelo texto de Bosi: “ele fala de humanidade pelo detalhe das mãos e do que elas produzem para o crescimento do indivíduo. Uma visão de mundo que só grandes mestres alcançam”, afirma o ilustrador.

imagem_release_1499674

Nascido em Belo Horizonte, atualmente mora e trabalha em Santa Luzia, cidade que fica a 30 quilômetros da capital mineira. Desde 1987 faz ilustrações para o mercado editorial. Em 1998, o seu livro de imagem Leonardo conquistou os prêmios FNLIJ, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, e Octogones, do Centre International d’Études en Littérature de Jeunesse (CIELJ), da França. Em 2001, recebeu os prêmios Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, e FNLIJ por Chica e João. Em 2010, Alice no telhado conquistou o Prêmio Glória Pondé, da Biblioteca Nacional. Em 2013, A máquina do poeta levou o Prêmio APCA, da Associação Paulista de Críticos de Arte, além do 3º lugar do Prêmio Jabuti. Em 2015, a Academia Brasileira de Letras concedeu ao seu O livro do acaso o Prêmio ABL de Literatura Infantojuvenil. E, em 2016, Haicais visuais recebeu o Troféu Monteiro Lobato, da revista Crescer, e o Prêmio FNLIJ. Como ilustrador, recebeu o Prêmio FNLIJ em 1998, 1999, 2003, 2013 e 2016. Foi indicado para o prêmio Hans Christian Andersen em 2002 e para a Lista de Honra do International Board on Books for Young People (IBBY) em 2004 e 2012.

luiz-eduardo-anelli-e-rodolfo-nogueira-789984

Infantil e Juvenil – 1º Lugar – Título: “O Brasil dos dinossauros” | Autores: Luiz Eduardo Anelli e Rodolfo Nogueira | Editora Marte Cultura e Educação

Livro “O Brasil dos Dinossauros”, da Editora Marte, traz um mapeamento de espécies que viveram no Brasil e como eram seus ambientes. O livro apresenta as primeiras linhagens ancestrais de dinossauros do Brasil- as grandes estrelas da nossa pré-história – até sua extinção há 66 milhões de anos. Ricamente ilustrado, conta em detalhes a jornada desses animais, bem como a evolução das paisagens pré-históricas brasileiras.

OBRASILDOSDINOSSAUROS

As detalhadas reproduções das espécies em seu ambiente de vida são criação de um estudioso brasileiro no assunto, o professor e paleontólogo Luiz Eduardo Anelli e de Rodolfo Nogueira (foto acima), um paleoartista nacional, um ‘fotógrafo’ que usa a lente da ciência para gerar, através da técnica do desenho digital, imagens há muito escondidas no interior das rochas.

pg_66_ilustracao_rodolfo_nogueira

De leitura fácil e instigante, com certeza, reunirá diferentes gerações para conhecer as histórias que os dinossauros brasileiros têm para contar sobre o nosso passado profundo.

OBRASILDOSDINOSSAUROS2-1

O livro traz em suas 132 paginas ilustrações as 25 das 40 espécies nomeadas no Brasil até o momento e muitas outras de seus entornos. Os dinossauros atuam como cicerones da pré-história, pois através deles o leitor é introduzido ao vasto universo da pré-história brasileira.

OBRASILDOSDINOSSAUROS3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *