“Quero ser uma youtuber”

Às vésperas da virada de mais um ano, o blog Conta uma História escolheu comentar sobre um livro, que está no mesmo tempo, e narra a decisão de uma jovem a poucos minutos de fazer seu pedido, à meia-noite, em pleno Réveillon. O desejo da personagem era de se tornar uma youtuber de sucesso.

juliaemila

Tem muito adolescente sonhando em se transformar num ‘youtuber” e, quem sabe, até liderar audiências dentro do canal de vídeos Youtube. As duas escritoras de “Quero ser uma youtuber”, Júlia Silva e Camila Piva (na foto acima), conquistaram tal façanha e, através desse livro, revelam dicas preciosas para que outros jovens consigam o mesmo. As ilustrações descontraídas são de Camila Nogueira.

Júlia Silva tem 12 anos e é uma jovem muito comunicativa tanto que já atingiu dois milhões de seguidores. Ela começou a produzir vídeos para o Youtube com seis anos de idade. Pra muitos jovens, isso é irado! Camila Piva é estudante de Psicanálise e já lançou outros livros para o público jovem. Para ela, “a vida é como um sonho, talvez um grande game simulador em que a gente aprende jogando. O objetivo é aprendizado e compartilhamento. O equilíbrio entre o dar e o receber”.

A meu ver, é um pensamento certíssimo para quem se dedica à comunicação social. Mas, afinal, de que trata o livro lançado recentemente pela Editora Ciranda Cultural? “Quero ser uma youtuber” conta a história de Ludmila, mais conhecida como Mila, fã da Julia Silva, que sonha em ser uma youtuber famosa.

A autora Júlia Silva resume a história da seguinte forma:

logo

“Quero ser uma youtuber’ é um livro de ficção em que a divertida Mila, uma menina de 10 anos, escreve em seu diário sobre seu grande sonho: ser uma youtuber de sucesso. Para conseguir seguidores, Mila se inspira em sua youtuber favorita, Julia Silva, e inicia o canal fazendo vídeos sobre brinquedos, desafios, brincadeiras e cria até uma novelinha.

Apesar de muita dedicação, Mila percebe que o número de visualizações e de seguidores em seu canal nunca aumenta e ela não entende o motivo do sucesso não bater em sua porta. Mesmo com a ajuda inicial de sua melhor amiga, o apoio de sua família e dicas infalíveis da Julia Silva, Mila percebe que o caminho para ser popular na internet não é tão fácil como parece.

“Quero ser uma youtuber” reflete o desejo de muitas crianças, além de ser um alerta para os pequenos leitores e, também, para os pais, pois mostra como é importante a presença e o apoio dos responsáveis, afinal, quando se fala de internet, algumas situações podem ser até mesmo perigosas. Recheado de situações embaraçosas, engraçadas, desafiadoras e também de muito aprendizado, o livro possui uma linguagem descontraída e ilustrações cheias de criatividade e humor”, finaliza Júlia Silva.

Nessa busca de Mila, registrada na íntegra em seu diário, o leitor vai aprendendo sobre o caminho perfeito para ser um youtuber bem sucedido. Na narrativa desse diário, o dia 31 de dezembro, ela escreveu a seguinte decisão:

“Faltam só 7 horas para começar um novo ano! A Malu está no banho. A gente combinou que este ano vamos fazer um pedido à meia-noite em ponto! Um desejo pra se realizar no ano que está começando.

A grande questão é: o que vou pedir? É muita responsabilidade! Pensei em pedir uma cauda de sereia igual à da Júlia Silva, mas aí eu lembrei que não sei nadar! Então, achei que seria legal pedir pra aprender a nadar, mas não tenho piscina. Eu poderia até pedir uma piscina, mas meu pai vai acabar reclamando do preço da conta de água.

Bom, eu pensei numa coisa… será mesmo que daria certo? Seria coisa mais legal do mundo! A Malu disse que não tem erro! E aí? Peço ou não peço?

Eu sinto até um frio na barriga quando penso nisso! E dizem que quando dá frio na barriga é porque a gente quer muito, muito mesmo”!

Já era quase meia noite, quando a personagem decidida retoma o diário:

“Voltei! Contei pra Malu o que estou pensando em pedir. Ela me incentivou bastante! Disse que ia adorar que meu sonho se tornasse realidade. Só falta uma hora para meia-noite!”

Mas foi só às 23:50h que a menina registrou:

“Voltei só pra dizer que está decidido: Eu quero ser uma Youtuber”!!!

IMG_20180120_152320

Assim começa o livro. Acredito que as suas 159 páginas vão mesmo incentivar o leitor para a produção e compartilhamento de vídeos assim como ensiná-lo como fazer e se manter no canal Youtube. Logo no início do ano, a personagem começa a planejar seu novo projeto e o diário registra tudo a partir do dia 2/1 até o momento que Mila viraliza na internet, participa de um programa de TV e, então, realiza o seu sonha de ser uma youtuber reconhecida.

Painel de imagens

A outra autora do livro, Camila Piva, em seu site pessoal produziu um painel para o personagem Mila. O nome disso é um Moodboard. Mas o que é um moodboard? Ela explica: “é um painel com referências para representar visualmente um projeto, é também conhecido como painel semântico, ou seja, é um painel que tem o objetivo de ajudar na tradução da essência de um projeto, serviço, marca, produto etc.

É muito usado no ramo da moda, da decoração (de casas e de festas) e também nos trabalhos de gestão de marca, o branding. Também é uma ferramenta muito útil para escritores e roteiristas, que encontram no moodboard uma forma de enxergarem melhor a essência de seus personagens e de sua história. Resolvi começar a utilizar esta técnica nos meus próximos livros e para treinar um pouco, criei moodboards dos personagens do “Quero ser uma youtuber”. Veja abaixo só como ficou o da Mila:

mila

“Quero ser uma youtuber” custa R$ 24,90 e pode ser comprado nas livrarias virtuais e no site da editora, cujo link é: http://www.cirandacultural.com.br/produto/quero-ser-uma-youtuber-9887

26272500_2478376159055106_2113226172803317760_n

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *