“Mãe África – mitos, lendas, fábulas e contos”

Lançamento da Paulus Editora traz as cores, os sabores e um pouco da cultura do continente

 

“No princípio havia somente a escuridão, a água e o grande deus, Bumba. Um dia, por causa de uma terrível dor de estômago, Bumba vomitou o sol. O sol foi atingido e secando os lugares alagados e fez surgir a terra. Mas Bumba ainda sentia muita dor e vomitou a lua e as estrelas”.

O trecho acima faz parte do capítulo Mitos da Criação, da obra “Mãe África – mitos, lendas, fábulas e contos” publicada pela Paulus Editora. A obra é uma coletânea de trinta e uma histórias dos vários povos africanos. “Todas as histórias aqui são recontos!”, afirma Celso Sisto, que assina a obra.

“Isso quer dizer que as reescrevi a partir de uma base, ou seja, a partir de um outro texto escrito ou oral. Não inventei nada, apenas vou contando as histórias do meu jeito. Portanto, essas histórias são heranças do tempo e patrimônio de todos”, ressalta o autor.

Para oferecer um trabalho de qualidade ao leitor, Sisto consultou vários livros de contos africanos em inglês, francês, espanhol e passou horas em bibliotecas. Também conversou e recolheu os relatos de contadores nativos da África e de descendentes de africanos.

Um dos critérios que o autor usou para escolher as histórias do livro foi a diversidade. Assim, procurou compilar contos e fábulas de diversos pontos do continente africano. No sumário do livro, onde aparecem listadas, o autor procurou indicar a qual etnia, país ou região geográfica pertencem. “Em alguns casos foi possível mencionar tudo: etnia, país e região”, celebra Sisto.

 

Colorido, com várias ilustrações do próprio autor, a obra traz histórias como A tartaruga e o elefante (Togo, Benin e parte ocidental da Nigéria), Makoma, o maioral (Zimbábue e Zâmbia) e Omar, as mil ramas de açafrão e os escorpiões (norte da África), entre outras.

Da coleção Lendas e Contos, “Mãe África” traz a festa de cores, sabores, nomes, fatos, feitos e fantasias de um continente rico pela sua beleza natural, cultura e povo. O livro tem 144 páginas, capa dura, custa R$ 63,00 e pode ser comprado no site da editora.

Celso Sisto é escritor e ilustrador, contador de histórias, ator, arte-educador, especialista em Literatura Infantil e Juvenil e mestre em Literatura. Nos últimos anos, tem se dedicado ao ensino universitário, aos cursos de formação de contadores de histórias e aos espetáculos de narração oral de histórias, no Brasil e no exterior.

Já publicou cerca de 20 livros para crianças e jovens e recebeu alguns prêmios pela qualidade de sua obra, dentre eles, o prêmio de Autor Revelação (1994) e Ilustrador Revelação (1999), ambos concedidos pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. É carioca, mas reside no interior do estado do Rio Grande do Sul.

 

Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *