5 jogos combinam diversão e informação – Parte 2

Professores do Ensino Médio do Colégio Marista dão continuidade à pesquisa e apontam outros games que ensinam de maneira divertida.

O dia 29 de agosto é uma data importante para quem curte videogames. Nesta data é comemorado o Dia Internacional do Gamer, que celebra os aficcionados por jogos em todo o mundo. De vilões a mocinhos, os games já foram muito criticados e atualmente estão incorporados na educação com títulos que estimulam a criatividade, pensamento lógico e resolução de problemas em alunos de diferentes faixas etárias.

Durante o período do isolamento social se tornou ainda mais difícil fugir das telas, já que entre aulas online, filmes, seriados e games, a TV, o smartphone e o computador ganharam ainda mais relevância. Com histórias complexas e cenários imersivos, existem diversos jogos que ensinam sobre História, Geografia, Biologia, por exemplo, trazendo uma boa maneira de se divertir e aprender durante o período de descanso. Confira abaixo algumas sugestões de games.

Para aprender História – Ancestors: the humankind odyssey

Que tal aprender sobre a evolução humana na prática? Ancestors leva o jogador para uma odisseia de sobrevivência, exploração e evolução. Os cenários, do período Neogeno, em plena África, são de tirar o fôlego pela beleza e riqueza de detalhes. Para avançar, é preciso buscar recursos básicos para beber, comer e dormir, além de aprender habilidades e dominar ferramentas que vão garantir a sobrevivência da espécie.

Age of Empires

A série de jogos desenvolvida pela Ensemble tem feito sucesso desde 1997. O game leva o jogador para eventos ocorridos na África, Ásia e Europa, desde a idade da pedra até a Antiguidade Clássica, passando pela época de domínio do império romano e colonizações. A experiência alia eventos históricos e muita estratégia para evoluir e conquistar terrenos e prosperar.

Para aprender Ciências – Animal crossing 

O sucesso da Nintendo já vendeu mais de um milhão de cópias nos primeiros dias de lançamento. No jogo, é possível controlar um personagem que se muda para uma ilha repleta de animais falantes. Como o game segue o tempo real, é preciso realizar tarefas como plantar legumes e verduras, construir móveis e adquirir recursos naturais seguindo a cronologia de cada item. É totalmente customizável, dando asas à imaginação.

Planet Zoo

Para quem quer viver a experiência de gerenciar um zoológico, este é o game certo. O jogo mostra como está tudo interligado, a saúde e bem-estar dos animais, com o meio ambiente em que vivem e isso atrai mais visitantes e doações, que ajudam a manter a estrutura propícia. É possível escolher os animais que deseja ter no zoo, mas também aprender sobre suas necessidades, desde a estrutura, alimentação, cuidados e limpeza e muito mais. Uma ótima maneira de estudar e se divertir.

Zoo Tycoon

O professor de Biologia do Colégio Marista Paranaense, Guilherme de Oliveira, sugere um game que reúne estratégia e biologia. A proposta do jogo está em criar, administrar e manter um zoológico. “O jogador aprende sobre diversidade animal e meio ambiente, uma vez que ganha conhecimento sobre cada espécie que adquire para seu zoológico e do tipo de recinto que deve fornecer ao animal”, comenta.

Os desafios do jogo também trabalham um pouco sobre bem-estar animal, porque é possível oferecer alimentação, limpeza e cuidado aos animais. Ainda trabalha uma parte de administração e matemática, pois o jogador tem o controle do gerenciamento financeiro e das atrações do zoológico.

Leiam a primeira parte da matéria nesse link https://contaumahistoria.com.br/2020/07/jogos-tambem-trazem-conhecimento/

Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *