“Leia para uma criança” e os livros acessíveis

Fundação Dorina Nowill para Cegos produz 2 mil coleções com livros acessíveis das duas obras selecionadas. Itaú Social também distribui gratuitamente livros audiovisuais com múltiplos recursos de acessibilidade

 

Sede da maior gráfica braile da América Latina, a Fundação Dorina Nowill para Cegos contribui com a acessibilidade de 2 mil coleções com livros acessíveis da décima edição do “Leia para uma Criança”. Com mais de 70 anos de atuação em prol da inclusão das pessoas com deficiência, a entidade contribui para que a iniciativa do Itaú Unibanco e Itaú Social seja acessível também para crianças e pais cegos ou com baixa visão através das versões impressas em braile e fonte ampliada em cor.

Em 2020, o “Leia para uma Criança” traz para as pessoas com deficiência visual os títulos “Com que roupa irei para a festa do rei?”, do autor Tino Freitas e da ilustradora Ionit Zilberman, e “A visita”, de Antje Damm. No total, foram produzidas 2 mil coleções acessíveis, contendo exemplares destes dois títulos, folheto com dicas de leitura e folheto explicativo sobre como higienizar os livros após serem entregues em casa como medida protetora contra vírus.

“É de extrema importância que projetos de democratização da educação e da literatura como o ‘Leia para uma criança’ incluam pessoas com deficiência visual. Esse é o legado que defendemos desde Dorina de Gouvêa Nowill que, em 1946, ao perceber o quão falha era a produção brasileira em braille criou a Fundação para o Livro do Cego – hoje, Fundação Dorina Nowill para Cegos – para mudar esse cenário”, diz Alexandre Munck, superintendente executivo da Fundação Dorina.

Vale ressaltar que a Fundação Dorina oferece serviços de adaptação para braile, impressão de livros acessíveis e produção de audiolivros e livros digitais. Para saber mais sobre as soluções em acessibilidade, acesse o site.

Quem tiver interesse em receber o kit da campanha deve se cadastrar através do site do Itaú Social para receber os livros em casa. Também estão disponíveis os livros audiovisuais com múltiplos recursos de acessibilidade, com textos e ilustrações originais das obras, narração em áudio, descrição e animação das imagens e a interpretação em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Em seus 10 anos de existência, o Programa Leia para uma Criança tem constante preocupação com inclusão e acessibilidade. Tendo isso vista, além dos livros da Coleção de 2020, “Com que roupa irei para a festa do rei?” e “A Visita”, você encontrará livros audiovisuais com múltiplos recursos de acessibilidade de coleções passadas. Os materiais acessíveis são direcionados às pessoas com deficiência ou que representam uma pessoa com deficiência.

Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *