Os lançamentos da Páginas Editora

Programação do mês mostra que serão apresentados dois novos livros infantis e um juvenil

 

 

 

 

 

 

 

O autor Henrique German lança neste sábado, dia 20, de 10:00 às 13:00h, dois livros infantis e um deles tem duas narrativas. O lançamento será presencial, na livraria da própria editora, onde há local aberto e todas as condições de o evento obedecer às normas de segurança sanitária. O endereço é  Rua Padre Eustáquio 2475 – Bairro Padre Eustáquio, em Belo Horizonte, e a Livraria Páginas é considerada a menor da cidade, porém, inovadora e muito ativa.

O livro “Rebeca e Zequinha” são dois em um, com duas capas e cada história começa de um lado do livro. Rebeca é uma abelha muito eficiente que adora trabalhar recolhendo néctar, mas ela também gosta de comer do néctar e acabou ficando doente. O autor trata sobre a diabetes e ensina às crianças a importância de uma alimentação saudável.

A outra história do livro é do personagem Zequinha, uma calopsita que vive feliz com os amigos. O problema é que esse pequeno animal indefeso foi capturado e levado para viver em uma gaiola. Zequinha chora todos os dias pedindo sua liberdade e chega a ficar doente. Esse é mais um assunto importante que deve ser abordado com as crianças.

Já o livro “Draguinho” conta a história de um filhote de dragão, filho do rei, e seu nascimento foi uma grande festa. Com o passar do tempo Draguinho descobre que não cospe fogo, ele cospe água.

Durante o lançamento o contador de história, Paulo Fernandes, fará um momento de contação de histórias.

Contatos: Autor: 31 98277-0597 – Editora: marketing.paginaseditora@gmail.com – 

Livro juvenil

O escritor, diplomata e médico Guimarães Rosa ainda era vivo quando o professor de linguística da UFMG, Luiz Carlos de Assis Rocha leu “Grande Sertão: Veredas” pela primeira vez. Ele tinha 20 anos e não entendeu quase nada da história de Riobaldo e Diadorim. O linguajar do autor instigou aquele estudante de tal forma que ele decidiu que o seu projeto de vida seria elaborar um guia para se ler o clássico brasileiro.

Além de estudar e lecionar diversos cursos sobre Guimarães Rosa, elaborar a sua tese de doutorado na UFRJ sobre a linguagem rosiana, Luiz Carlos dedicou anos ao estudo minucioso de palavras e expressões da obra mais lida do escritor sertanejo. O primoroso estudo resultou no livro “Para ler Grande Sertão: Veredas”. A obra será lançada no próximo dia 22 de fevereiro, às 19h, durante live no Instagram @paginas_editora e tem como objetivo facilitar a leitura para aquele que quer ler, reler, e entender melhor a obra-prima.

“Podemos dizer que existem dois grupos de possíveis leitores de Guimarães Rosa: aqueles que começaram a ler, mas não foram até o fim e, aqueles que não leram e nem conhecem o autor” diz o professor.  Rosa é, de fato, um dos grandes autores da língua portuguesa e sua linguagem própria é, ao mesmo tempo, magnífica e de difícil acesso para muitos leitores.

O próprio professor Luiz Carlos encontrou na leitura de “Grande Sertão: Veredas” um desafio, mas o gosto e a curiosidade pelo livro e o autor cresceram desde o seu tempo de graduação. Depois de ler o livro diversas vezes e já o compreendendo melhor, Luiz Carlos Rocha começou a lecionar disciplinas na UFMG sobre Guimarães Rosa.

A ideia de escrever um livro surgiu há muito tempo e ganhou forma em 2021 com a publicação feita pela Páginas Editora. Luiz Carlos conta que a proposta do livro é facilitar a leitura para aquele que quer ler “Grande Sertão: Veredas”. O livro é bem completo e irá auxiliar qualquer pessoa que deseja entender melhor Guimarães Rosa.

“Meu livro explica palavra por palavra, frase por frase, explica não só o funcionamento da língua, mas também o sentido das palavras, das frases, das figuras que ele usa”, acrescenta. A obra trata também sobre a filosofia e as trilhas do livro.

Professor de linguística, Luiz Carlos de Assis Rocha criou há cinco anos uma instituição que estuda e cultiva a memória de Guimarães Rosa. O grupo chamado Sagro (Sociedade dos Amigos de Guimarães Rosa) reunia-se uma vez por semana para falar sobre o livro até o início da quarentena.

O livro é apresentado em obra individual com 382 páginas, e, para facilitar a vida do leitor, a Páginas Editora criou também um box onde é incluída a última edição da Companhia das Letras. O kit é edição limitada. A arte de capa, tanto do livro quanto do box é do premiado ilustrador Nelson Cruz e lembra o cenário do sertão mineiro, com montanhas e casas de vaqueiros.

O livro custa R$ 44,90, o box custa R$ 139,00. Contato do autor: 31 9 9133-8663

Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *