Crivinho lança três livros infantis

Selo infantil da Crivo Editorial fez a festa das crianças em abril com os novos títulos

 

 

Com forte vocação para a literatura infantil, a Crivo Editorial reforça esse propósito em 2021 e lança três novas publicações pelo selo infantil Crivinho: “Um urubu vegano”, de Marcela Maciel Nogueira; “A lagarta e a cobra”, de Ana Carolina Neves e a segunda edição do livro “Um lugar para imaginar”, de Maíra Gomes.

Escrito por Marcela Maciel Nogueira, durante o isolamento, o livro “Um urubu vegano” apresenta uma maneira alternativa de alimentação a partir das conversas que surgem no encontro inesperado entre uma ave e uma avó. Foi lustrado por Mari Flecha e teve o projeto gráfico assinado por Paula Cabral. O lançamento já está à venda.

Entra em pré-venda a publicação “A lagarta e a cobra” na loja virtual da Crivo Editorial e os primeiros compradores recebem um kit de massinhas e o livro autografado. O lançamento foi dia 25 de abril. O ilustrador do livro é Pedro Hamdan das Pedras, que também ministra uma oficina de personagens para crianças.

Em “A lagarta e a cobra”, os dois personagens partem em uma aventura em busca da árvore dos corajosos, enquanto a maliciosa cobra engana a ingênua lagarta. Uma delicada fábula sobre admiração e inveja, sentimentos tão presentes nas relações humanas, seja entre crianças ou adultos.

 

 

Em fase final de produção, com previsão de publicação da segunda edição para o final de abril, o livro “Um lugar para imaginar”, de Maíra Gomes, é uma parceria da Crivinho com a Fábrica de Desbrinquedo. Um convite à imaginação, no qual a criança pode dar o seu tom à história por meio de suas próprias ilustrações. Em um período em que elas são bombardeadas de imagens, vídeos e informações, as capacidades de criação e de imaginação podem ser tornar limitadas. “Um lugar para imaginar” vai na direção contrária e convoca a criança a assumir os caminhos de sua própria inventividade. O leitor é quem transforma o livro.

“Por meio do selo Crivinho, o grupo editorial Crivo reforça seu propósito de participar das discussões sobre a infância em Belo Horizonte e no Brasil. É uma preocupação da editora ter um olhar voltado para a este universo e contribuir com as produções literárias e reflexões voltadas para o público infantil”, explica um dos sócios, Lucas Maroca.

 

Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *