Dia Mundial do Livro: empréstimos gratuitos

“Livros nas Praças” retoma empréstimos e entregas gratuitas de livros nesta sexta-feira, 23/4, no Rio de Janeiro. O serviço de entrega cresceu 58% em meio à pandemia

O “Livros nas Praças”, ônibus-biblioteca exclusivo da Americanas, retoma o bem-sucedido projeto “Delivery de Livros” iniciado durante a pandemia. A partir desta sexta-feira, 23/4 (data em que se comemora o Dia Mundial do Livro), mais de 2 mil títulos estarão novamente disponíveis para empréstimo de forma segura, com entrega pelos Correios, para todo o município do Rio de Janeiro e Baixada Fluminense. O serviço é totalmente gratuito e tem o objetivo de levar cultura e entretenimento diretamente para as casas dos leitores neste momento tão difícil de isolamento social. No acervo, há obras de grandes autores, como Paulo Coelho e Monteiro Lobato, além de audiobooks, livros em braile e com fonte ampliada.

O projeto patrocinado pela Americanas e com apoio das leis de incentivo culturais, atendeu cerca de 4.500 pessoas em 2020, sendo mais de 3.600 visitantes com a itinerância do ônibus-biblioteca e 814 pessoas com o “Delivery de Livros”, lançado em julho do último ano. No formato de entrega, mais de 1.500 livros já foram enviados pelos Correios às casas dos leitores. Ao todo, o “Livros nas Praças” já impactou mais de 154 mil leitores desde a inauguração do ônibus exclusivo da Americanas, em 2014.

“Sempre acreditamos na importância da leitura na transformação da sociedade e, durante a pandemia, isso não poderia ser diferente. Esse propósito foi o que nos motivou a adaptar este projeto e aumentar as ações de sucesso com o serviço de delivery em 2020, com intuito de continuar oferecendo uma alternativa para a promoção da leitura entre crianças, jovens e adultos”, comenta Cristina Figueiredo, idealizadora e diretora do projeto. Para manter a itinerância e continuar cumprindo seu propósito, o “Livros nas Praças” precisou adotar um rígido modelo de higienização dos livros bem como rigorosos protocolos de segurança.

“Esses esforços valeram tanto a pena que, mesmo em meio ao isolamento social, conseguimos aumentar em mais de 40% nossos empréstimos gratuitos de livros. Se contarmos com o lançamento do inédito serviço de delivery, este número sobe para 58%”, acrescenta.

O “Livros nas Praças” é uma das iniciativas que integram a estratégia ESG (sigla que, em português, significa ambiental, social e governança) da Americanas para a promover a educação de qualidade e a redução das desigualdades. Este propósito está em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 4 e 10 da Agenda 2030 da ONU.

Como funciona

Criado para dar prosseguimento ao empréstimo de livros durante o período de isolamento social, este serviço é totalmente gratuito e permite que os interessados escolham a obra em um catálogo digital. Depois, basta enviar uma mensagem para o número de WhatsApp do projeto (21 99419-8869) e informar dados como nome ou o código da obra, nome completo e endereço. Após o processo, o livro chega no endereço informado dentro de alguns dias. A entrega e a devolução dos livros são feitas pelos Correios. Após receber a obra em casa, há um período inicial de 30 dias para concluir a leitura, com a possibilidade de prorrogar o empréstimo, caso seja necessário. Ao terminar, o leitor tem o título coletado em casa e pode solicitar o envio de um novo.

Dentre os 2 mil exemplares disponíveis, 70% são de autores brasileiros como Ana Maria Machado, Thalita Rebouças, Paulo Coelho e Monteiro Lobato. O acervo tem ainda 60 livros com ilustrações em braile para crianças, 30 livros em fonte ampliada para pessoas com baixa visão, 20 audiobooks para deficientes visuais e 35 livros em braile para adultos.

 

 

Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *