Dia 5 de junho: dois lançamentos sobre meio ambiente

“Além da Chuva”

Livro ilustrado de Michel Gorski e Fernando Vilela conta a história de crianças que protagonizam mudanças em sua cidade ao resolver o problema das enchentes de maneira divertida e ecológica. Título também foi lançado na Coreia do Sul. 

Depois de muitos anos, o jornalista Carlos está de volta a São Paulo para entrevistar um renomado inventor, que foi seu amigo de infância. Ao chegar, a visão aérea da metrópole, coberta de rios, campos verdes e plantações, desperta uma lembrança. Vinte e cinco anos antes, ele e seus amigos se reuniram para tentar resolver os estragos causados na cidade pelas tempestades de verão.

Com este mote, o livro ilustrado “Além da Chuva” trata da questão do meio ambiente e do protagonismo infantojuvenil e apresenta a história de quatro amigos que, depois de um dia chuvoso, se reúnem para pensar nos danos causados pelas enchentes e em outros transtornos decorrentes das chuvas e criar soluções como reutilizar a água pluvial e ajudar o solo a absorvê-la melhor.

A obra, lançada pela FTD Educação, é uma parceria entre os autores Michel Gorski e Fernando Vilela, que também assinam as ilustrações originais e feitas a partir de carimbos.

A história, narrada por Carlos, se passa em 2035. No retorno à terra natal para entrevistar o doutor Antônio Dias Sobrinho, o jornalista relembra as técnicas inventadas na infância, por ele e seus três amigos, para cuidar das águas de chuva na cidade.

Naquela época, cada um deles desenvolveu um projeto, que já indicava algumas das habilidades que, mais tarde, seriam aplicadas em suas profissões. “Além da chuva” permite falar do papel que cada cidadão pode assumir para resolver os problemas socioambientais, além de incentivar a autonomia e a responsabilidade de todos diante dessas questões. O texto também dá voz às crianças e permite a elas que manifestem suas ideias, nessa fase da vida, em que a imaginação e a criatividade são latentes.

“Cabe aos jovens, dentre outros questionamentos à sociedade, a busca com criatividade por novos pontos de equilíbrio entre natureza e ocupação urbana, para vivermos melhor em comunidades, nas cidades pequenas, médias e grandes”, comenta o escritor e arquiteto Michel Gorski.

O livro traz ainda um texto informativo com exemplos de jovens de várias partes do mundo, que defendem o meio ambiente e desenvolveram soluções práticas para ajudar a sociedade e conter as agressões provocadas pelo ser humano à natureza.

“Este livro nasceu de uma utopia que pode se tornar realidade: a de que as crianças de hoje serão os ambientalistas de um futuro próximo e irão tornar o mundo bem melhor e mais sustentável. Ao realizar essa obra pensamos que o leitor, além de se divertir com a história e com as ilustrações poderá se inspirar e ter ideias”, conta o escritor e ilustrador premiado Fernando Vilela.

Com um tema universal, “Além da Chuva” teve os direitos de publicação adquiridos pela editora sul-coreana Spoonbook e foi lançado na Coreia do Sul, em fevereiro. O interesse pela obra surgiu após a conquista do selo White Ravens, catálogo anual elaborado pela Biblioteca Internacional da Juventude, de Munique (Alemanha), que reúne uma seleção dos melhores livros para a infância e a juventude publicados em vários países.

A editora também lança nas redes sociais o booktrailer do livro, que destaca as ideias inspiradoras de jovens no Brasil e no mundo para ajudar o planeta a resolver problemas de suas comunidades. O booktrailer pode ser visto no canal do YouTube da FTD Educação, no link:

https://www.youtube.com/watch?v=NhjDfU0Gszc&t=4s

Michel Gorski nasceu e vive na cidade de São Paulo. Arquiteto, designer e escritor, trabalha com arquitetura do entretenimento, sendo um dos idealizadores do Parque da Turma da Mônica, em São Paulo. Também é coeditor do site www.arquiteturismo.com.br e autor de livros infantojuvenis, como Por um triz: o enigma dos gnomos pigmeus (Rocco, 2011), escrito e publicado com Sílvia Zatz, e A menina da placa (Lafonte, 2012), em parceria com Fernando Vilela.

Fernando Vilela nasceu e vive na cidade de São Paulo. É artista visual, escritor, ilustrador, designer, pesquisador e professor de arte. Já foi condecorado com vários prêmios por suas obras, entre eles o da FNLIJ e o Jabuti. Recebeu, também, a Menção Honrosa na categoria Novos Horizontes, da Feira Internacional do Livro Infantil de Bolonha (Itália), além do 1o Troféu Monteiro Lobato de Literatura Infantil.

O livro é recomendado a partir do 4° ano, tem 48 páginas, custa R$ 49,00 e pode ser adquirido no e-commerce da FTD Educação no link https://compre.ftd.com.br/

“Cada bicho tem seu canto 2”

Livro apresenta os seis biomas brasileiros e animais que representam cada um deles

No dia 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, acontecerá o lançamento do segundo volume da série “Cada bicho tem seu canto 2” escrito por Laís de Almeida Cardoso, Orientadora Pedagógica do Colégio Presbiteriano Mackenzie, em Tamboré, São Paulo. O livro no formato poesia traz como temática a biodiversidade animal e apresenta ao leitor os seis biomas brasileiros: Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pampa e Pantanal e quatro animais para representar cada um deles.

Entre as espécies selecionadas para o livro estão alguns ícones da fauna brasileira, como onça-pintada, tamanduá-bandeira, lobo-guará, tatu-bola, bicho-preguiça, sucuri, tuiuiú, e outras menos conhecidas, como muriqui, mão-pelada e caititu. O intuito é proporcionar aos pequenos leitores uma viagem virtual pelo país por meio da poesia e da música, uma vez que todos os poemas são musicados, além de valorizar a nossa fauna.

A autora iniciou a carreira de escritora há cinco anos, com a publicação do livro “Cada bicho tem seu canto”, uma obra voltada para as turmas de alfabetização. Professora durante 25 anos no Mackenzie Tamboré em turmas de 1º e 2º ano do Ensino Fundamental, Laís aliou sua vontade de contribuir para uma alfabetização contextualizada ao amor que sente pela natureza e pelos animais para compor seus versos e melodias.


Ambos os livros são acompanhados de um rico Projeto Pedagógico com sugestões de atividades para os professores com base nas habilidades e competências e nos objetivos de aprendizagem propostos pela BNCC. A principal característica da série “Cada bicho tem seu canto” é proporcionar ao leitor iniciante um encontro das artes – poesia, música e ilustração – tendo como tema gerador a biodiversidade animal.

Laís de Almeida Cardoso é educadora, escritora e bióloga. Atuou como professora alfabetizadora por 25 anos no Colégio Mackenzie, na unidade Tamboré. Há 13 anos ocupa o cargo de Orientadora Pedagógica na mesma escola. Mestre e Doutora em Letras pela USP, é também pesquisadora na área de Estudos Comparados da Universidade de São Paulo.

Cada bicho tem seu canto 2 – Biomas brasileiros
Autora: Laís de Almeida Cardoso
Ilustração e projeto gráfico: Júnior Caramez
Arranjos musicais: Paulo Marcos Conceição
Editora: Volta e Meia (2021)
Lançamento oficial: 5 de junho de 2021

Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *