Os livros indicados ao maior prêmio da literatura brasileira

Câmara Brasileira do Livro revela os cinco livros finalistas de cada categoria do 63º Prêmio Jabuti desse ano. Publicamos aqui os pertencentes às categorias Infantil e Juvenil, que podem funcionar como referência para pais e educadores no momento de escolherem uma boa leitura para as crianças

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) divulga a lista dos cinco finalistas de cada uma das 20 categorias do prêmio. Clique aqui para conhecer todos eles em ordem alfabética. Os vencedores serão revelados na cerimônia de premiação, que acontece no dia 25 de novembro, às 19h, pelo Youtube da CBL.

Finalistas da categoria Infantil

 

 

 

 

 

 

Título: Lá dentro tem coisa | Autor(a): Adriana Falcão e Lole | Editora(s): Moderna

Título: O menino que virou chuva | Autor(a): Renato Moriconi e Yuri de Francco | Editora(s): Caixote

Título: Obrigado | Autor(a): André Neves | Editora(s): Pulo do Gato

Título: Redondeza | Autor(a): Daniel Munduruku e Roberta Asse | Editora(s): Criadeira Livros

Título: Sagatrissuinorana | Autor(a): João Luiz Guimarães e Nelson Cruz | Editora(s): ÔZé Editora

Finalistas da categoria Juvenil

 

 

 

 

 

 

 

Título: A brecha: uma reviravolta Quilombola | Autor(a): Arquimino dos Santos, Deborah Goldemberg e Jefferson Gonçalves Correia | Editora(s): Estrela Cultural

Título: Amigas que se encontraram na história | Autor(a): Angélica Kalil e Amma | Editora(s): Quintal Edições

Título: Essa indescritível liberdade | Autor(a): Igor Mendes | Editora(s): Faria e Silva Editora

Título: Fronteiras | Autor(a): Marcia Kupstas | Editora(s): FTD

Título: Valentes | Autor(a): Aryane Cararo e Duda Porto de Souza | Editora(s): Seguinte

Dois livros indicados, “Amigas que se encontraram na história”, de Angélica Kalil e Amma, Editora Quintal Edições, e “Fronteiras” de Marcia Kupstas, Editora FTD, têm resenha publicadas nesse blog. Quem desejar conhecer os dois indicados com todos os detalhes de seus conteúdos, clique numa categoria do blog de nome Resenhas para encontrar as matérias.

O editor e tradutor Marcos Marcionilo é o responsável pela curadoria da 63ª edição da grande premiação do livro brasileiro. No conselho, que selecionou os jurados, há especialistas e profissionais de diversas áreas do conhecimento: Ana Elisa Ribeiro, Bel Santos Mayer, Camile Mendrot e Luiz Gonzaga Godoi Trigo. Para conferir o perfil de cada um deles, basta clicar aqui .

Vitor Tavares, presidente da CBL, celebra o crescimento da procura das editoras no prêmio em uma edição tão importante. “Este ano houve 3.422 inscrições, 31% a mais de obras inscritas do que em 2020. E, nesta edição, que celebra o nosso grande escritor Ignácio de Loyola Brandão, esse número prova uma perspectiva cada vez mais otimista com o futuro da nossa literatura”, afirma Vitor. “São mais de seis décadas construindo notoriedade e estamos muito contentes em saber que o prêmio mantém-se relevante para os amantes da leitura e representantes da indústria produtiva e criativa do livro”, explica.

Neste ano, o Prêmio Jabuti homenageia um verdadeiro símbolo: Ignácio de Loyola Brandão. Autor de 47 livros e membro da Academia Brasileira de Letras, a Personalidade Literária do ano também coleciona prêmios, entre eles, cinco estatuetas do Jabuti.

Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *