Bienal do Livro Rio de portas abertas

Uma das maiores festas literárias do país movimenta a capital carioca a partir desta sexta-feira, dia 3/12. Premiados autores internacionais e nacionais, além de influenciadores digitais, jornalistas, educadores e celebridades, participam do evento, que acontece até 12/12, no Riocentro 

Em sua 20ª edição, a Bienal do Livro Rio vai festejar o reencontro e promete ser inesquecível. A partir desta sexta-feira, dia 3 de dezembro, o Riocentro, na Barra da Tijuca, receberá o público saudoso e apaixonado por livros com uma programação especialmente elaborada por um coletivo curador para atender aos mais diferentes gostos e estilos. O objetivo é proporcionar trocas e reflexões sobre as principais questões contemporâneas em um debate plural e democrático, inspirado pelo questionamento “que histórias queremos contar a partir de agora?”

O maior festival de cultura do país terá atrações para todas as idades, seguindo os protocolos sanitários para preservar o bem-estar dos visitantes. Diariamente, o evento ocorrerá entre 9h e 22h, conforme detalhamento abaixo por dia da semana. Também haverá limite de capacidade de público por turno e necessidade da apresentação de comprovante de vacinação, além de uso obrigatório de máscara.

A cerimônia de abertura aconteceu nesta sexta-feira (3/12), com a presença do prefeito Eduardo Paes e dos secretários municipais e estaduais de Educação e de Cultura. Grandes personalidades da literatura também estiveram presentes, como o escritor Zuenir Ventura, que será homenageado pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e pela GL Events, realizadores do evento,  representando todos os autores parceiros da Bienal.  Além da riqueza de sua obra, Zuenir foi escolhido para essa homenagem por ter marcado presença em toda a história do festival.

Nesta cerimônia, o SNEL também homenageará a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, com a entrega do Prêmio José Olympio, que desde 1983 reconhece personalidades e instituições com notáveis contribuições em prol do mercado editorial brasileiro. “Com seu histórico voto ‘cala boca já morreu’, ela garantiu aos autores do país a plena liberdade de publicar biografias não autorizadas, permitindo que os leitores conheçam melhor a nossa história”, explica Marcos da Veiga Pereira, presidente do SNEL.

Programação

Para discutir o que as pessoas têm vivido e participar da construção dessas novas narrativas, a Bienal lança a Estação Plural, espaço patrocinado pela Colgate-Palmolive, que reúne autores, artistas e formadores de opinião que transitam no ecossistema literário – literatura, poesia, narrativa, atualidades, cultura pop, diversidade, ficção e não-ficção.

Este ano, 85 editoras e 140 selos estão confirmados, além de livrarias, distribuidores e loja de e-commerce, como Submarino. A programação conta com debates sobre juventude e fé, poesia, desenvolvimento sustentável, política e democracia, feminismo, jornalismo investigativo, adaptações audiovisuais, cultura geek e pop, LGBTQIAP+, saúde mental, ancestralidade e tendências do mercado literário, além da conexão de música e streaming.

Entre os autores internacionais estão os norte-americanos Matt Ruff, Julia Quinn, Beverly Jenkins, Jenna Evans, Casey McQuiston, Tracy Deonn, Lyssa Kay Adams, V. E. Schwab, Scarlett Peckham e Josh Malerman, a argentina Mariana Enriquez, a australiana Monica Gagliano e o japonês Junji Ito, um dos mais conceituados no universo dos mangás. A Bienal receberá ainda nomes como Conceição Evaristo, Itamar Vieira, Aílton Krenak, Caco Barcellos, Lázaro Ramos, Antônio Fagundes, Whindersson Nunes, Nei Lopes, Otávio Júnior, Raphael Montes, Tati Bernardi, Gabriela Prioli, Pastor Henrique Vieira, Teresa Cristina, Lua de Oliveira, Luiz Antonio Simas, Lulu Santos, Fábio Porchat, Aza Njeri, Eliane Brum, entre muitos outros.

Para os pequenos leitores, o Espaço Metamorfoses, patrocinado pela Petrobras Cultural, é inspirado nas mudanças do mundo e da leitura, trazendo uma exposição imersiva com cenários interativos, hi-tech e lúdicos, que proporcionarão a cada visitante a possibilidade de viver uma viagem literária em diversas linguagens. Crianças com deficiência visual poderão fazer uma visita guiada neste espaço e todas as sessões da programação oficial terão tradução simultânea em libras. Em formato híbrido, com o conteúdo transmitido em tempo real pelo site.

Os ingressos podem ser adquiridos pelo site e também estarão disponíveis em bilheteria física, com número limitado, durante o festival.

“Estamos entregando uma edição muito especial tirada do papel com toda a responsabilidade que o momento impõe, mas trazendo toda a energia do reencontro e a potência das conexões entre com o universo literário e as diferentes linguagens e temas. Nosso propósito de estimular a leitura para transformar o país está ainda mais presente, com uma programação plural e de bastante qualidade”, afirma Tatiana Zaccaro, diretora da GL Events, responsável pela Bienal.

Marcos da Veiga Pereira, presidente do SNEL, ressalta a importância social e cultural da Bienal, no contexto da retomada de eventos presenciais no país. “Nos últimos meses, as pesquisas de mercado têm confirmado a reconexão das pessoas com os livros, o que só reforça a missão e a razão de ser do evento: o incentivo à leitura no Brasil. A Bienal é a grande festa do livro e é muito marcante que esse seja um dos primeiros eventos culturais de grande porte neste momento de transição para dias melhores”, afirma. “Estamos muito felizes em poder continuar ampliando a representatividade do evento junto ao público, à comunidade e à indústria editorial, levando adiante a leitura como instrumento fundamental para o fomento da educação, da cidadania e da pluralidade de vozes no país”, pontua.

Importante saber

Local do evento: Riocentro – Avenida Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

Data: 3 de dezembro a 12 de dezembro de 2021

Horários: sextas: 9h às 22h; sábados e domingos: 10 às 22h; segunda a quinta: 09h às 21h

Ingresso: R$ 40 (inteira)/ R$ 20 (meia-entrada)

Compra online: https://www.bienaldolivro.com.br/

Compra no local: bilheterias estarão disponíveis com ingressos limitados à venda;

Protocolo: uso de máscara será obrigatório, assim como apresentação do comprovante de vacinação

Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *