Importância de ler para crianças não alfabetizadas

O que muitos desconhecem é que, ao reservar pelo menos 15 minutos de seu tempo para ler para uma criança, estão contribuindo diretamente para o desenvolvimento emocional, social e cognitivo dela

 

Imagens: Divulgação

 

Estimular o interesse por livros é, além de uma forma de cuidado, atenção e carinho, uma atitude que facilitará muito quando a criança for alfabetizada: ela aprenderá a ler e escrever com mais agilidade e qualidade. Outro benefício da contação de histórias é que, após dominar a leitura, a chance de ela adquirir o hábito de leitura de livros torna-se enorme pois já terá uma relação construída com os livros.

Para Eduardo Villela, book advisor e profissional com mais de 17 anos de experiência no mercado editorial, criar uma rotina de contar histórias para uma criança “contribui muito para ela desenvolver habilidades relacionais, lidar melhor com suas próprias emoções e ampliar sua curiosidade e capacidade de imaginação.”

Ler vários livros, com diferentes histórias, e, com frequência, traz um bom número de benefícios a longo prazo para a criança como, por exemplo, uma melhor compreensão do meio em que vive e proporciona ganhos de qualidade na fala, atenção e foco. Segundo Villela, “é importante que os pais, professores e outros cuidadores evitem a leitura de livros que tratem sempre dos mesmos assuntos e contextos. Ler obras de temas variados, que apresentem diferentes ambientes, situações e experiências vividas pelas personagens, ajuda a criança a entender o funcionamento dos espaços onde vive e a interagir muito melhor neles assim como faz com que ela tenha uma grande aquisição de vocabulário. Com um vocabulário ampliado, a criança desenvolve uma melhor capacidade de expor seus sentimentos, dúvidas e vontades, além de ter um aprendizado de leitura e escrita mais veloz na fase de alfabetização.”

 

O consultor editorial reuniu a seguir os principais benefícios de contar histórias, através da leitura de livros mediada pelos adultos, para as crianças:

  • Promove o desenvolvimento cognitivo, beneficiando a aprendizagem e a aquisição de habilidades sociais e emocionais;
  • Desenvolve as habilidades de comunicação e linguagem, enriquecendo o vocabulário e contribuindo para um processo de alfabetização mais tranquilo, ágil e eficaz;
  • Ajuda no aprender a pensar e no desenvolvimento do raciocínio e da criatividade;
  • Aumenta a curiosidade em entender como o mundo ao seu redor funciona e estimula uma atitude exploratória desse mundo ;
  • Melhora a qualidade do vínculo com pais, professores, outros cuidadores e a natureza;
  • Proporciona lazer e saúde emocional, reduzindo sentimentos como a ansiedade e medos diversos.

Eduardo Villela é Book Advisor e assessora pessoas, famílias e empresas na escrita e publicação de seus livros. Trabalha com escrita e publicação de livros desde 2004. Já orientou mais de 900 autores e lançou mais de 650 livros de variados temas, entre eles: comportamento e psicologia, gestão, negócios, universitários, técnicos, ciências humanas, interesse geral, biografias/autobiografias, livros de família e ficção infantojuvenil e adulta.

 

Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *