Itaú Social lança o podcast “Leia COM uma criança” 

Disponível nas principais plataformas de áudio, são 12 episódios reunindo conversas, leitura em conjunto e troca de experiências, voltadas para crianças, famílias, mediadores de leitura e educadores. O programa que, há mais de uma década incentiva a leitura do adulto para e com a criança, passa a se chamar “Leia COM uma criança”, destacando que a mediação acontece em conjunto, um trio entre mediador, livro e criança, como uma oportunidade de escuta ativa e participativa de todos na literatura.

 

O Itaú Social apresenta o primeiro episódio do podcast “Leia COM uma criança” com o propósito de incentivar e reforçar a importância da leitura desde a primeira infância. Disponível nas principais plataformas de áudio e no site, cada um dos 12 episódios trará mediação de leitura, conversa com autores e pessoas do campo da literatura e diálogos com crianças. Além do conteúdo em áudio, estarão disponíveis vídeos com recursos de acessibilidade e dicas para mediadores de leitura, educadores e famílias.

O lançamento marca, oficialmente, a mudança no nome do programa que passa a se chamar “Leia com uma criança”, reforçando o seu compromisso em estimular a leitura do adulto para e com a criança, além de ampliar o acesso e a democratização de livros de qualidade para o público infantil. “Desde 2010, o convite feito aos adultos é leia para e com uma criança. Ao longo desses anos, acreditamos que, mais do que contar uma história, a proposta do programa é que as famílias e a sociedade tenham uma escuta ativa e convide a criança a participar e se engajar no momento de afeto e aprendizado, num esforço de expansão e evolução da prática de leitura”, explica Angela Dannemann, superintendente do Itaú Social.

Os 12 episódios serão apresentados por Kiara Terra, narradora de histórias, autora e pesquisadora das infâncias. Doutoranda em Sociologia da Infância na Universidade do Minho, em Portugal, ela criou “A História Aberta”, método de narração colaborativa que estimula a participação do público. Escuta e técnicas de improvisação são os principais recursos desse modo de narrar, que tem se tornado um instrumento pedagógico abrangente na formação de professores, em espaços de mediação de obras de arte, museus e exposições. Kiara viaja o Brasil formando educadores.

 

Os 12 episódios serão apresentados por Kiara Terra, narradora de histórias, autora e pesquisadora das infâncias – Foto: Divulgação

 

“A ideia do podcast surgiu a partir da vontade de partilhar as descobertas e os caminhos vividos em experiências de mediação literária on-line com crianças de diferentes territórios do país. Com mais esse instrumento, reafirmamos o nosso compromisso de estimular o hábito literário como forma de ampliar o repertório cultural infantil, compartilhando as conquistas de vivência do programa com a sociedade, o elo mais importante de toda a nossa trajetória”, pontua Angela. 

Literatura indígena

O primeiro episódio irá trazer uma reflexão sobre a literatura indígena, destacando a necessidade de colocá-la em evidência, além de dicas e reflexões sobre mediação de leitura. A conversa será embasada pelo livro “Os olhos do jaguar”, escrito por Yaguarê Yamã, com ilustrações de Rosinha e publicado pela Editora Jujuba. O título foi um dos selecionados para a campanha nacional de incentivo à leitura no ano passado.

Autor de livros de literatura indígena, Yaguarê Yamã trouxe neste livro uma história oriunda das culturas dos povos Sateré-Mawé e Maraguá, passada de geração para geração. A obra de literatura infantil trata sobre o relacionamento do jaguar, todo esperto, com os outros animais. Porém, ele se viu em uma situação que precisou da ajuda do inhambu, uma ave comum da Amazônia, para poder continuar sua trajetória. O autor acrescentou no texto várias palavras da língua maraguá e, ao final da obra, é possível saber mais sobre seu povo, que vive no estado do Amazonas. As ilustrações de Rosinha são repletas de cores e formas que demonstram as riquezas da floresta.

Formação para mediadores

Como um convite ao desenvolvimento de mediadores e estímulo de pais e famílias por vivências literárias, o Polo, ambiente de formação do Itaú Social, oferece o curso “Infâncias e Leituras”. A formação tem carga horária de 20 horas e incentiva práticas de leitura do adulto para e com a criança como oportunidade de fortalecer vínculos e participar ativamente na educação desde a primeira infância.

Para Dianne Melo, coordenadora de Engajamento Social e Leitura do Itaú Social, é muito importante que os familiares incorporem o hábito literário antes mesmo do nascimento do bebê, já que a vivência em um ambiente rodeado de livros e com adultos que estejam dispostos a ler para e com crianças é fundamental para a formação de novos leitores, além de trazer benefícios cognitivos.

Diante disso, o curso “Leitura para bebês” é uma oportunidade para incluir os recém-nascidos no universo literário a partir da mediação de leitura. Com carga horária de 10 horas, a formação oferece práticas que estimulam as interações de bebês e das crianças com os livros, assim como oferece dicas para planejar e conduzir situações de leitura em voz alta. “Separar um momento prazeroso, todos os dias, de afeto, de atenção para ler e estar com as crianças é uma prática essencial para o desenvolvimento integral. As conversas que derivam após ler um livro são riquíssimas e estabelecem uma relação de vínculo e confiança com os adultos da família”, recomenda Dianne.

Podcast “Leia com uma Criança” no site https://www.itausocial.org.br/noticias/podcast-leia-com-uma-crianca/ e nas principais plataformas de áudio: Spotify Google podcasts Apple podcasts Deezer Amazon Music

Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *